Prefeitura de Vinhedo

  • Informações sobre COVID-19:

    clique aqui e saiba mais
  • Meio ambiente e urbanismo

    + notícias

    Memorial do Imigrante fica iluminado de azul para representar a luta contra o diabetes

    Quem passou pela região do Portal neste final de semana pôde conferir um dos principais monumentos de Vinhedo iluminado de azul. A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, inseriu o Memorial do Imigrante na Campanha Azul, em comemoração a luta no Dia Mundial do Diabetes, celebrado no último dia 14.

    O Dia Mundial do Diabetes foi criado pela International Diabetes Federation (IDF) em parceria com a Organização Mundial da Saúde (OMS). Em 2007 foi lançada a idéia de iluminar de azul alguns monumentos de várias cidades do mundo para divulgar a campanha.

    Em Vinhedo, a Secretaria de Saúde realizou no dia 12 um evento especial para chamar a atenção da população para a prevenção e o tratamento adequado.

    O evento reuniu cerca de 200 pessoas no Teatro Municipal Sylvia de Alencar Matheus, principalmente portadores de diabetes e hipertensão, e foi marcado por palestra da endocrinologista da Rede Municipal de Saúde, Valkíria Volpini e apresentações culturais dos membros do Grupo Bem Viver da Terceira Idade.

    Programa da Prefeitura

    Os portadores da diabetes têm atenção especial na Rede Pública de Saúde de Vinhedo. Os diabéticos e os hipertensos contam com programa específico elaborado pela Secretaria de Saúde há mais de 10 anos. O atendimento ocorre nas seis Unidades Básicas de Saúde, que atualmente compõem a rede de serviços do SUS – Sistema Único de Saúde – da cidade e conta, inclusive, com a distribuição gratuita de medicamentos.

    Além do atendimento médico, geral e especializado, com endocrinologista e cardiologista, entre outros especialistas, há acompanhamento da enfermagem que diariamente verifica a glicemia (açúcar no sangue) por meio de testes feitos na própria Unidade e do controle da pressão arterial. Mas o grande destaque é a distribuição gratuita de medicamentos, como a insulina, fundamental para controlar a doença.

    A Secretaria da Saúde desenvolve um trabalho de orientação com 18 grupos em todas as Unidades, com cerca de 600 pacientes portadores de diabetes e hipertensão.

    As reuniões são quinzenais, coordenadas pelas nutricionistas da Secretaria da Saúde e com a participação de médicos, enfermeiros, dentistas, profissionais de fisioterapia, para tirar dúvidas dos pacientes e orientar como lidar melhor com a doença e ter uma boa qualidade de vida.
    Todo usuário das UBSs que tem diabetes e hipertensão é encaminhado e incentivado a participar dos grupos.

    Quem tiver interesse em participar dos grupos de orientações pode procurar a UBS mais próxima e se informar sobre horários e temas a serem discutidos.

    Informações na Secretaria de Saúde pelo telefone 3826-7499.