Prefeitura de Vinhedo

  • Regime Estatutário:

    perguntas e respostas
  • Saúde

    + Notícias

    Propostas apresentadas na plenária da Saúde da Mulher de Vinhedo serão encaminhadas à Conferência Regional

    plenaria saude da mulher (9)

    A Prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde, e o Conselho Municipal de Saúde, promoveram um amplo debate sobre a saúde da mulher, durante a plenária temática municipal realizada na noite da última segunda-feira, dia 13, no auditório da Secretaria de Assistência Social.

    Propostas foram debatidas pela população sob o tema “Desafios para a integralidade com equidade” e cerca de 30 foram escolhidas para serem encaminhadas à Conferência Regional da Saúde da Mulher, que ocorre em Piracicaba, no mês de abril. Em seguida, as propostas regionais aprovadas serão levadas ao debate na Conferência Estadual e, posteriormente, na Conferência Nacional, que tem como objetivo propor diretrizes para a Política Nacional de Atenção Integral à Saúde das Mulheres.

    “O objetivo da plenária foi ouvir e consolidar as propostas apresentadas pela população neste segmento tão importante para estabelecer projetos para a saúde da mulher”, disse o secretário de Saúde, o médico Alexandre Viola, que sugeriu como proposta na plenária, a ampliação da oferta de métodos contraceptivos com grande eficácia, às mulheres do município.

     O evento também contou com palestra apresentada pelo médico ginecologista e diretor técnico da Santa Casa, Adriano Chitacumula, que abordou o tema ‘saúde da mulher”.  Ele destacou a dupla ou tripla jornada de trabalho enfrentada pelas mulheres da atualidade e que tem refletido em sua saúde. “As mulheres que trabalham fora tem muito mais problemas de saúde devido ao grande esforço que é exigido pelo mercado de trabalho. Muitas vezes por medo do desemprego elas têm se submetido a carga muito pesada de trabalho. Todo este esforço tem prejudicado e muito a saúde, porque além de trabalharem fora também têm todo o serviço da casa, restando pouco tempo para o descanso e para cuidarem da saúde”, disse.

    Uma das propostas apresentadas pelo médico é de que a saúde da mulher seja preservada no ambiente de trabalho, principalmente no período da gravidez, quando acabam apresentando sangramento e abortos, estresse, hipertensão, provenientes da sobrecarga de trabalho. “Devemos nos preocupar com as mulheres no mercado de trabalho para que tenham saúde e qualidade vida”, disse.

    Durante a plenária foram pré-selecionados representantes da cidade para representarem o município na Conferência Estadual da Saúde da Mulher.