Prefeitura de Vinhedo

  • Prefeitura

    + Notícias

    Prefeito Jaime Cruz determina suspensão do decreto relativo a regras para o pagamento do vale alimentação dos servidores

    No final da tarde desta terça-feira, 21, por determinação do prefeito Jaime Cruz, a Prefeitura comunicou ao Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Vinhedo a suspensão dos efeitos do Decreto 34/2017, que dispunha sobre o não pagamento do auxílio alimentação aos servidores ou estagiários que apresentassem falta injustificada ou duas ou mais faltas justificadas durante o mês.

     

    Representaram o prefeito Jaime Cruz na reunião os secretários municipais de Governo, Edison Ruiz; de Administração, Gustavo Mattos; e de Negócios Jurídicos, Luiz Fernando Bonesso de Biasi. Por parte do Sindicato, estavam presentes o presidente, Donizete Vicente Ribeiro, e diversos membros.

     

    A proposta apresentada pela Prefeitura, de suspensão do decreto, foi prontamente aceita pelo Sindicato, que se comprometeu a apresentar, no prazo de 20 dias, sugestões de redação e de alteração no texto do Decreto 34/2017.

     

    O Decreto 34/2017 foi adotado em decorrência do alto número de atestados apresentados pelos servidores públicos municipais, problema que inclusive foi alvo de uma auditoria minuciosa, faltas essas que, de acordo com o secretário de Administração, Gustavo Mattos, não têm relação com as condições de trabalho oferecidas pela Prefeitura.

     

    Prova disso, ainda de acordo com o secretário Gustavo Mattos, é que a Secretaria de Administração não recebeu nenhum pedido oficial (formalizado) por parte do Sindicato dos Servidores para adequação de locais de trabalho. O único pedido que chegou à pasta foi de funcionários do Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e Medicina do Trabalho (SESMET), referente a questões como bebedouro, solicitações essas que já foram atendidas.

     

    O secretário ressaltou ainda que a Prefeitura possui uma estrutura permanente de segurança e medicina do trabalho, oferecida aos servidores por meio do próprio SESMET.