Prefeitura de Vinhedo

  • Regime Estatutário:

    perguntas e respostas
  • Prefeito

    + Notícias

    Prefeitura e Associação Nikkey de Vinhedo buscam parcerias para realização do Festival do Japão

    Visita foi feita à empresa Mazak para esta finalidade. As autoridades aproveitaram a reunião para também tratar dos benefícios da nova lei de Incentivos Fiscais de Vinhedo






    A Prefeitura de Vinhedo tem buscado parcerias com a iniciativa privada para realização de eventos que constam no calendário cultural do município. Por isso, na última terça-feira, dia 21, o prefeito Jaime Cruz e representantes da Associação Cultural e Esportiva Nikkey de Vinhedo estiveram na empresa Mazak Sulamericana, para pedir apoio para a realização do tradicional Festival do Japão. Eles foram recebidos pelo diretor presidente, Martin Vay.

    Além do prefeito Jaime Cruz, participaram da reunião a vice-prefeita e secretária de Cultura e Turismo, Claudinéia Vendemiatti Serafim; o secretário de Indústria, Comércio e Agricultura, Antônio Luiz Falsarella; o diretor da pasta, Jorge Torrezin; e os representantes da Associação Nikkey, Mitio Kobayashi (presidente), Paulo César Primo Junior e Jair Seijo Hanagusko.

    Segundo o prefeito Jaime Cruz, por conta do Programa Austeridade Cidadã um pacote de medidas, de boas práticas na administração pública foi estabelecido, com objetivo de realizar cortes nos gastos públicos e aumentar a arrecadação que sofreu queda este ano em função da crise econômica enfrentada pelo país. “Daremos total apoio à Associação Nikkey para a realização do evento e, além disso, estamos visitando empresas que possam se tornar parceiras para a realização deste evento tão importante para a economia e cultura de nosso município”, disse o prefeito Jaime Cruz.

    O presidente da Mazak foi bastante receptivo e irá analisar as propostas apresentadas.

    Considerado um dos maiores eventos nipo-brasileiro da região, o Festival do Japão já tem data para acontecer, será nos dias 20 e 21 de maio, no Parque Municipal Jayme Ferragut.

    Durante os dias de Festival, o público poderá prestigiar apresentações de dança e música japonesas, feira gastronômica e também a área específica para os expositores comercializarem produtos e artigos típicos.

     

    Lei de Incentivos Fiscais

    Além de acompanhar a estrutura da empresa Mazak, o prefeito Jaime Cruz aproveitou a visita para falar dos benefícios estabelecidos pela Nova Lei de Incentivos Fiscais de Vinhedo.

    A legislação aprovada em 2015 engloba duas leis que equacionam os problemas da lei anterior e estimulam a vinda de novas empresas com uma legislação adequada às bases legais.

    A Lei Complementar 140/2015 corrige a situação de empresas que se instalaram no município pela Lei 33/2002 que depois teve a validade de alguns artigos que previam o reembolso de investimentos efetuados, através da cota parte do ICMS, suspenso pelo Tribunal de Justiça de São Paulo.

    Já a Lei Complementar 139/2015 criou uma nova legislação de incentivos fiscais, já adequadas às bases legais para atrair novas empresas para o município. Entre os benefícios, as empresas poderão ter a isenção do IPTU por 15 anos, desde que esteja produzindo, gerando emprego e arrecadação para o município, utilizar até 10% do valor de impostos que gerarem para o município para abatimento no IPTU, ficando ainda os outros 90% para os cofres municipais.

    Pela nova legislação, as empresas prestadoras de serviços de logística, mesmo aquelas já em funcionamento, que abrigarem em suas dependências outras empresas geradoras de valor adicionado para o município terão descontos nos tributos devidos, inclusive no ISSQN, IPTU e taxa de Coleta de Lixo, por um período de até quinze anos.

    As empresas que adquirirem imóveis com edificações já prontas e que passarem a desenvolver atividades em Vinhedo também poderão ter os benefícios previstos na lei.

     

    Mazak

    Em 2013, foi inaugurado em Vinhedo o novo Centro Tecnológico da Mazak Sulamericana, subsidiária brasileira da japonesa Yamazaki Mazak, especializada na produção de máquinas-ferramenta e máquinas de corte a laser. Trata-se de um grande centro gerador de suporte e treinamento para a utilização das máquinas de alta tecnologia fabricadas pela empresa.