Prefeitura de Vinhedo

  • Assistência Social

    + Notícias

    Prefeitura de Vinhedo é pioneira na RMC por aplicar nova metodologia de trabalho às famílias em situação de violação de direitos

    Na semana passada, município recebeu a visita de representantes da Secretaria do Estado de Assistência Social, em busca de conhecerem o serviço desenvolvido pela Prefeitura






    reunião técnica PAEFI

    A cidade de Vinhedo se tornou referência na região por aplicar uma nova metodologia de trabalho noatendimento do Serviço de Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos – PAEFI, realizado pelo Centro de Referência Especializado de Assistência Social – CREAS em Vinhedo.

     O PAEFI é um serviço de apoio, orientação e acompanhamento à famílias com um ou mais membros em situação de ameaça ou violação de direitos.

    Até o ano de 2015, as famílias acompanhadas pelo CREAS eram referenciadas por técnicos divididos a partir do tipo violação sofrida pela família, sendo elas contra a criança e adolescente, idoso, mulher e pessoa com deficiência. Havia contatos esporádicos entre os serviços PAIF – Programa de Atenção Integral à Família e PAEFI.

    A mudança na organização do atendimento no PAEFI iniciou recentemente, a partir da opção metodológica da Secretaria Municipal de Assistência Social da Prefeitura em aproximar os técnicos que executam os serviços do PAIFI e PAEFI, considerando que as famílias circulam entre os dois serviços. O plano de acompanhamento familiar passou a ser discutido e, algumas vezes, construído em conjunto entre as duas equipes.

    Para efetivar a mudança, os profissionais deixaram de atender as famílias ingressadas nos programas por tipo de violência e passaram a ser divididas a partir do território onde as famílias residem, considerando os serviços localizados nos três Centros de Referência da Assistência Social – CRAS existentes no município, nos bairros Centro, Capela e Nova Vinhedo.

    A gerente de Proteção Social da Prefeitura, Giorgia Bezerra e a chefe do CREAS,  Lissandra Milanez, destacam como positiva a mudança da metodologia de trabalho e afirma que a atuação dos profissionais do PAEFI nos territórios possibilita o estreitamento das relações entre as equipes dos serviços socioassistenciais e demais serviços da rede de atenção as famílias. Outro benefício é o acesso das famílias aos atendimentos, por estarem mais próximos as suas residências e a identificação das ocorrências de violação com maior incidência em cada território, favorecendo o planejamento, mais clareza nas ações de referenciamento e contrarreferenciamento das famílias.

    Por ter se tornado um trabalho diferenciado na região, na semana passada o município recebeu a visita da representante da Secretaria do Estado da Assistência e Desenvolvimento Social, Ana Paula Souza e da técnica da Diretoria Regional de Assistência e Desenvolvimento Social – DRADS – Campinas, Ana Obata.

    A indicação do CREAS Vinhedo à equipe do Estado ocorreu porque Vinhedo é o único município da RMC – Região Metropolitana de Campinas – a trabalhar com esta metodologia, que vem ao encontro às discussões que estão ocorrendo na esfera estadual sobre a importância da atuação do PAEFI nos territórios.

    Para o prefeito Jaime Cruz, o trabalho desenvolvido pela Secretaria de Assistência Social da Prefeitura de Vinhedo é muito importante porque presta atendimento, orientação e acolhimento às famílias que precisam de um trabalho diferenciado.