Prefeitura de Vinhedo

  • Regime Estatutário:

    perguntas e respostas
  • Saúde

    + Notícias

    Prefeitura promove atividade preventiva de combate à tuberculose

    Para lembrar o Dia Mundial da Tuberculose, comemorado em 24 de março,  a Prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde, promoveu uma atividade de visita domiciliar para intensificar a busca de pacientes com suspeita da doença.

    A atividade foi feita por enfermeiras da Unidade de Saúde do Bairro Casa Verde (onde funciona o CTA – Centro de Testagem e Aconselhamento e o SAE – Serviço de Atendimento Especializado) e do Departamento de Vigilância em Saúde, que promoveram visitas na casa de pacientes que apresentavam sintomas compatíveis à doença. A atividade ocorreu na sexta-feira, dia 24.

    Foram coletadas nove amostras do exame baciloscopia de escarro (exame simples que consiste na coleta de amostra de escarro). Dois pacientes fizeram a coleta na unidade de saúde.

    A ação, segundo o secretário de Saúde, Alexandre Viola, teve como objetivo conscientizar a população e os profissionais de saúde sobre a importância de aprimorar a intensificar a detecção precoce e tratamento da tuberculose. “Quanto antes for descoberta, menor será a chance de transmissão e da gravidade da doença. Além de importante para informar a população sobre a doença, atividades como esta são fundamentais para sensibilizar os profissionais de saúde para pensarem em tuberculose ao examinar os pacientes na Rede Municipal de Saúde”, explicou.

    Pessoas que apresentam tosse há mais de 15 dias devem procurar uma das unidades básicas de saúde, o PA – Pronto Atendimento da Capela ou a UPA – Unidade de Pronto Atendimento – para receberem orientação dos profissionais de saúde e realizarem a coleta gratuita do exame de escarro.

    O exame é oferecido durante todo o ano. O tratamento contra tuberculose tem duração de 6 meses e é oferecido gratuitamente na Rede Municipal de Saúde, com entrega de medicamentos fornecidos pelo Estado.

     

    Tuberculose

    A tuberculose (TB) é uma doença infecciosa e transmissível que afeta prioritariamente os pulmões, mas também pode ocorrer em outros órgãos do corpo, como ossos, rins e meninges (membranas que envolvem o cérebro). A doença é curável.

    Alguns pacientes não exibem nenhum indício da doença, outros apresentam sintomas aparentemente simples que são ignorados durante alguns anos (ou meses). Contudo, na maioria das pessoas infectadas, os sinais e sintomas mais frequentemente descritos são tosse seca contínua no início dos sintomas, depois com presença de secreção por mais de quatro semanas, transformando-se, na maioria das vezes, em uma tosse com pus ou sangue; cansaço excessivo; febre baixa geralmente à tarde; sudorese noturna; falta de apetite; palidez; emagrecimento acentuado; rouquidão; fraqueza e prostração.

    A transmissão é direta, de pessoa a pessoa. O doente expele, ao falar, espirrar ou tossir, pequenas gotas de saliva que contêm o agente infeccioso e podem ser aspiradas por outro indivíduo contaminando-o.

    Para prevenir a doença é necessário imunizar as crianças obrigatoriamente no primeiro ano de vida ou no máximo até quatro anos, com a vacina BCG.