Prefeitura de Vinhedo

  • Prefeito

    + Notícias

    Prefeito sanciona lei que determina a implantação de câmeras de monitoramento nos prédios municipais

    Prazo para regulamentar a legislação é de 180 dias; outros projetos também estão em andamento






    20170418_094505

    Na manhã desta terça-feira, 18, o prefeito Jaime Cruz sancionou a lei 3.751/17, de autoria da vereadora Ana Genezini, que dispõe sobre a obrigatoriedade do uso de sistema de segurança baseado em monitoramento por câmeras de vídeo nas escolas, Centros de Educação Infantil (CEIs), Unidades Básicas de Saúde, secretarias e demais órgãos da Prefeitura de Vinhedo.

    “Vamos colocar essa legislação em prática. Determinei que sejam tomadas as medidas necessárias para tanto. Estamos enfrentando problemas de vandalismo e invasões às nossas instalações, problema que tem provocado grandes prejuízos para a Prefeitura, e causado transtornos para os moradores”, comentou o prefeito Jaime Cruz.

    O projeto que deu origem à legislação foi aprovado por unanimidade pela Câmara de Vereadores no último dia 27. Agora, a Prefeitura tem prazo de 180 dias para regulamentar a lei. “Tais sistemas de segurança vêm sendo utilizados há vários anos em diversas instituições, com resultados altamente positivos e proporcionando maior segurança à população usuária dos estabelecimentos equipados com aquele recurso”, justificou a vereadora Ana Genezini ao apresentar a propositura ao Legislativo.

    A Prefeitura já trabalha com um plano de combate ao vandalismo, cujas ações foram intensificadas após a invasão que resultou em um incêndio no CIC Eduardo Von Zuben, no ano passado. Dentro das condições financeiras da Prefeitura, há um planejamento para, além das câmeras, fazer também a instalação de um sistema de alarme presencial, que será acionado na sede da Guarda Civil Municipal de Vinhedo.

    A Prefeitura também pretende instalar um ‘botão de pânico’ em todas as escolas municipais da cidade. Em momentos de emergência, funcionários da secretaria das escolas poderão acionar o botão, que estará interligado ao sistema de emergência da Guarda Civil Municipal de Vinhedo e da Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Com o acionamento, os dois setores encaminharão equipes de emergência para atendimento dos alunos e funcionários das escolas.

    Além disso, a Secretaria de Transportes e Defesa Social planeja um projeto denominado Câmera Solidária, por meio do qual, a Prefeitura terá acesso a imagens de câmeras externas instaladas em imóveis do município, com consentimento dos moradores e dentro de um sistema convergente, de modo que esse material possa ser visualizado diretamente da sede da Guarda Municipal para identificar veículos utilizados por pessoas que eventualmente tenham cometidos crimes na cidade, incluindo furtos e vandalismo em prédios públicos, facilitando a identificação desses indivíduos e dificultando a fuga, bem como inibindo a própria ação.

    De acordo com o secretário municipal de Transportes e Defesa Social, Junior Vendemiatti, a Guarda Municipal, em parceria com as demais forças de segurança da cidade, tem feito um trabalho forte no sentido de coibir as invasões a prédios públicos. O problema, conforme salientou o secretário, é que muitas vezes esses indivíduos são detidos e encaminhados para a Delegacia, porém, por conta da legislação brasileira, acabam retornando para as ruas.