Prefeitura de Vinhedo

  • Saúde

    + Notícias

    Campanha de Vacinação contra a Gripe inicia para gestantes e crianças menores de 5 anos

    A partir do dia 2 de maio poderão ser imunizados os portadores de comorbidades, com apresentação da prescrição médica






    Começou nesta segunda-feira, dia 24, a Campanha Nacional de Vacinação contra Gripe para o grupo prioritário formado por gestantes, puérperas, crianças com idade entre 6 meses a menores de 5 anos e indígenas.

    A campanha teve início na semana passada, contemplando idosos com 60 anos ou mais e trabalhadores de saúde. Em Vinhedo, segundo o último levantamento divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, foram imunizados 188 trabalhadores de saúde e 1.355 idosos na primeira semana de campanha, totalizando 1.543 moradores.

    A Campanha segue o cronograma de datas estabelecido pela Secretaria Estadual de Saúde.

    A partir do dia 2 de maio poderão receber a vacina portadores de comorbidade (é necessária apresentar a prescrição médica) e a partir do dia 8 de maio a imunização será destinada a professores da rede pública e privada de ensino, desde que apresentem documento que confirme a função exercida.

    Durante a campanha, que encerra no dia 26 de maio, a vacina está disponível em Vinhedo em todas as Unidades de Saúde (Vila Planalto, Três Irmãos, Vila João XXIII), Casa Verde, Von Zuben, Centro Médico do Jardim São Matheus e Policlínica da Capela), de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.

    No Dia da Mobilização Nacional da Campanha, 13 de maio, a Prefeitura abrirá no sábado, das 8h às 17h, duas unidades de saúde, a Policlínica da Capela e a UBS Planalto, para vacinar os interessados que compõem o público alvo da campanha.

    A expectativa da Secretaria Municipal de Saúde é vacinar 90% do público alvo, formado por cerca de 15 mil pessoas.

    Agendamento de acamados

    A Secretaria de Saúde da Prefeitura de Vinhedo realiza o agendamento para idosos acamados da cidade para receberem, em casa, a dose da vacina contra a gripe.

    Os responsáveis por acamados, maiores de 60 anos ou pessoas que apresentam dificuldade de locomoção que fazem parte do grupo prioritário, devem comparecer pessoalmente à Unidade Básica de Saúde mais próxima para informar os dados pessoais, telefone e endereço da pessoa que receberá a imunização em casa.

    A vacina será aplicada nos acamados no dia 13 de maio.

    Para este dia a Secretaria de Saúde organizou um esquema especial de vacinação, onde enfermeiros da Prefeitura também visitarão as instituições de longa permanência para vacinarem idosos.

    Prevenção

    A vacina é trivalente, conforme recomendação da Organização Mundial de Saúde. Além de imunizar a população contra a gripe A H1N1, a campanha também vacinará a parcela da população participante contra outros dois tipos do vírus influenza – A (H3N2) e B. A vacina é segura, porém contra indicada para pessoas com alergia a ovo, e/ou que tenha apresentado reação a doses anteriores. Pessoas com febre não devem ser vacinadas.

    A influenza é uma infecção viral aguda (gripe), de fácil transmissão.

    Para prevenir a gripe basta a população introduzir medidas simples no seu dia a dia, como lavar as mãos frequentemente, proteger a boca e nariz com lenço descartável ao tossir e espirrar, evitar lugares fechados com grande circulação de pessoas, manter o ambiente ventilado/arejado, não compartilhar objetos de uso pessoal. Além de, manter alimentação saudável e ingerir muita água.

    Os sintomas mais comuns da influenza são febre alta, tosse, dor de garganta, falta de ar. O sucesso da recuperação depende diretamente, da procura por assistência médica e tratamento precoce.

    Mais informações podem ser obtidas na Secretaria de Saúde pelo telefone 3886-6300.

    Público alvo da Campanha

    – Idosos: 7.554

    – Crianças 6 meses a menores de 5 anos de idade: 3.808

    – Trabalhadores de saúde: 2.307

    – Gestantes: 715

    – Puérperas: 117

    A meta é imunizar pelo menos 90% dos grupos prioritários.

    Para a população com comorbidades e professores não é calculada a cobertura de vacinação para a Campanh