Prefeitura de Vinhedo

  • Lei Orçamentária Anual

    deixe aqui suas sugestões
  • Saúde

    + Notícias

    Nova Santa Casa registra número recorde de partos com a implantação da Unidade Neonatal

    Hospital também ampliou o número de leitos na pediatria, prevendo aumento da demanda no período de outono e inverno






     

    A Santa Casa de Vinhedo registrou em março um número recorde de partos desde que o hospital foi reaberto, em abril de 2016. Esse aumento ocorreu no mês de implantação da Unidade Neonatal. A informação foi anunciada na semana passada, durante a reunião mensal da Comissão de Gestão da Santa Casa, para prestação de contas e apresentação do relatório de atividades, referente ao mês de março.

    A reunião ocorreu nas dependências do anfiteatro do Centro Médico do Jardim São Matheus e contou com a presença do secretário de Saúde, o médico Alexandre Viola; o presidente da Comissão de Saúde da Câmara Municipal, vereador Marcio Melle; o gestor geral da Santa Casa, Celso Beltramini; o médico Frederico Fernandes, representando a classe médica; e a diretora de regulação da Secretaria de Saúde, Neila Kátia Silva.

    Foram 61 partos realizados no mês de março, número recorde registrado no hospital desde a reabertura da Santa Casa em abril de 2016, sendo 53 pelo SUS – Sistema Único de Saúde e 8 por meio de convênios médicos. Também apresentou aumento o número de atendimentos ginecológicos realizados na Santa Casa, totalizando 535 no mês de março.

    “Os números comprovam que o funcionamento da Unidade Neonatal proporcionou um grande avanço à Santa Casa. Por conta deste serviço muitas famílias que procuravam outros hospitais da região para o nascimento de seus filhos voltaram a se interessar pela Santa Casa de Vinhedo”, disse o prefeito Jaime Cruz.

    A Unidade Neonatal de Vinhedo é um local específico e adequado para atender bebês recém-nascidos que necessitam de cuidados especializados de baixa e média complexidade, como os prematuros, que nasceram antes dos nove meses de gestação, apresentam baixo peso ou algum tipo de problema ao nascer.

    A Unidade Neonatal atende pacientes do SUS – Sistema Único de Saúde, planos de saúde e particulares, em um ambiente seguro na ala da Maternidade do hospital (onde funcionava o antigo berçário). Conta com equipamentos necessários e uma equipe profissional capacitada na especialidade neonatalogia, formada por médicos pediatras, enfermeiros e técnicos em enfermagem.

    São quatro vagas destinadas na Unidade Neonatal aos recém-nascidos, com idade entre zero a 28 dias de vida. Depois deste período, os bebês passam a ser atendidos nos serviços da categoria infantil.

    Durante a permanência na Unidade Neonatal os pais do pré-maturo têm acesso livre para visitas e acompanhamento do desenvolvimento do bebê até a alta hospitalar. Outros familiares também poderão acompanhar o bebê, com horários pré-definidos pelo hospital.

     

    Santa Casa amplia o número de leitos na pediatria

    Para atender a demanda que cresce nos meses de outono e inverno, a Santa Casa de Vinhedo aumentou 4 novos leitos na pediatria, totalizando 14. Segundo informou o secretário de Saúde, está em processo de planejamento também a inclusão de quatro leitos de transição para atendimento adulto na ala semi-intensiva.

    “Todas essas medidas estão sendo estudadas e realizadas para atendermos com qualidade os pacientes que procurarem atendimento no hospital nestas estações do ano em que há aumento significativo da demanda”, explicou Viola.

     

    Aumento nas internações após trabalho de gestão e análise de leitos

    O trabalho de gestão e análise de leitos desenvolvido pela Prefeitura, por meio da Secretaria de Saúde, em parceria com a Santa Casa de Vinhedo, também já apresenta efeitos positivos, por priorizar que o maior número de vinhedenses permaneça na própria cidade em casos de internações hospitalares.

    O estudo da gestão de leitos em tempo real na Santa Casa teve início no mês de fevereiro. Por ser a responsável por gerenciar todo o atendimento de urgência e emergência no município, por meio da UPA – Unidade de Pronto Atendimento, a Prefeitura reforçou a prioridade para a Santa Casa, as internações. Sendo assim, o paciente poderá permanecer na sua própria cidade até a alta hospitalar, proporcionando comodidade para ele e seus familiares, segundo explicou o secretário de Saúde de Vinhedo.

    De acordo com o relatório de atividades, neste período a taxa de ocupação da UTI foi de 95%.

    Vinhedo tem gestão plena na área da saúde e adota o sistema de pagar por serviço prestado. Desta maneira a Santa Casa de Vinhedo é priorizada na compra de serviços de saúde. Se um paciente necessitar de algum procedimento de alta complexidade que não é feito pela Santa Casa, como, por exemplo, transplante ou cirurgia cardíaca, o mesmo será direcionado ao hospital referência, por meio da Central de Regulação ou para os hospitais conveniados com o município.

    Hoje, a Santa Casa conta com 84 leitos, destinados à pediatria, ala da maternidade e atendimento de pacientes adultos e psiquiatria, tanto do SUS – Sistema Único de Saúde, convênios médicos e particulares.

    Em março, o hospital totalizou 473 internações, sendo 367 pacientes do SUS, 104 por meio de convênios médicos e 2 particulares. Isso representa que a Santa Casa de Vinhedo está conseguindo manter acima de 70% o índice de atendimento aos pacientes atendidos pelo SUS.

    As cirurgias também apresentaram número expressivo, 271 no total, sendo 217 pelo SUS, 52 de convênio médico e 2 particulares.

     

    UPA recebe pacientes SUS

    A UPA – Unidade de Pronto Atendimento – continua sendo a porta de entrada dos pacientes do SUS em Vinhedo, com funcionamento 24 horas. No local há uma equipe de regulação médica de urgência, responsável por verificar os casos dos pacientes individualmente.

    A UPA tem capacidade para atender pacientes em estados de emergência, que são direcionados à sala de urgência até a estabilidade para transferência ao hospital de referência, de acordo com o procedimento cirúrgico a ser realizado em cada caso.

     

    Santa Casa: porta aberta para emergências ginecológicas

    Desde a abertura da Nova Santa Casa de Vinhedo, em 2 de Abril de 2016, resultado da intervenção administrativa decretada pelo prefeito Jaime Cruz, o hospital passou a ser a porta de entrada para gestantes e emergências ginecológicas. O hospital tem uma equipe de ginecologia e obstétrica de plantão 24 horas para atender a demanda emergencial.

     

    Inauguração da Nova Santa Casa

    Após um longo período fechada para atendimento à população (inclusive cirurgias, internações em UTI e a ala da Maternidade), a Nova Santa Casa de Vinhedo foi reaberta no dia 2 de abril de 2016, após investimentos realizados pela Prefeitura com obras de ampliação e aquisição de novos equipamentos.

    Um novo Centro Cirúrgico foi construído, em novo local, possibilitando ampliação de 3 para 5 no número de salas  utilizadas para cirurgias, incluindo  salas de Centro Cirúrgico, sala de parto e sala de recuperação pós-anestésico.

    Na UTI, com a reforma, o número de salas passou de 6 para 11, somente com otimização das instalações e readequação de espaço físico.

    Na ala da Maternidade, a reforma nos quartos proporcionou mais conforto às mães e recém-nascidos. São nove quartos, com 14 leitos no total, sendo que não há diferenciação de quartos para atendimentos de convênios e SUS – Sistema Único de Saúde.

    A Santa Casa também ampliou o número de leitos no hospital e colocou em funcionamento a sua Nova Central de Materiais Esterilizados. O setor está localizado próximo ao Centro Cirúrgico e UTI – Unidade de Terapia Intensiva e é utilizado para esterilizar os materiais usados no atendimento clínico e no centro cirúrgico.

    No mês passado, a Santa Casa de Vinhedo colocou em funcionamento seu novo Centro de Imagens. No local existem cinco salas específicas para realização de exames de tomografia, ultrassom, raio x, além de recepção, sala de espera e banheiros.

    O Centro de Imagens foi feito por meio de uma parceria firmada entre o hospital e um investidor, que realizou uma ampla reforma para adequação do antigo espaço, para garantir condições necessárias e segurança aos pacientes e funcionários na execução de procedimentos.

    Com esta parceria também foi possível adquirir equipamentos modernos, que garantem agilidade, qualidade e precisão nos resultados. O sistema de tomografia computadorizada que passa a ser utilizado na Santa Casa, por exemplo, tem uma tecnologia elevada que possibilita imagens nítidas, assegurando diagnósticos rápidos e precisos em todas as partes do corpo, com imagens 3D. Além disso, os novos equipamentos diminuem a exposição do paciente à radiação.

    O novo Centro de Imagens atende pacientes particulares, por meio de convênios médicos e pelo SUS, encaminhados pela Secretaria de Saúde da Prefeitura.