Prefeitura de Vinhedo

  • Prefeito

    + Notícias

    Prefeito acompanha início das ações da Operação Mãos à Obra na Vila João XXIII

    Podas de árvore são processadas no local por um triturador e transformadas em adubo orgânico






    Na manhã desta segunda-feira, 15, o prefeito Jaime Cruz acompanhou o início das ações da Operação Mãos à Obra na Vila João XXIII. Nesta semana, as equipes da Prefeitura percorrem as ruas do bairro e também do Parque Iolanda e da Vila Romana com diversos serviços, por meio de um mutirão que envolve várias secretarias municipais. O cronograma seguirá até a primeira quinzena do mês de setembro.

    “É um trabalho muito importante que a gente vai levar para todas as regiões da cidade, deixar Vinhedo ainda mais bonita. Começamos aqui pela região da Vila João XXIII, mas até setembro percorremos todo o município”, comentou o prefeito Jaime Cruz.

    Também acompanharam o início da operação os secretários municipais de Serviços, Márcio Campos, o Balú; de Obras, Renato Shishido; de Governo, Edison Ruiz; de Meio Ambiente e Urbanismo, Adriano Corazzari; de Transportes e Defesa Social, Junior Vendemiatti; além de diversos diretores.

    A Operação Mãos à Obra prossegue até o dia 12 de setembro e percorrerá toda a cidade. Na próxima semana, a partir de segunda-feira, 22, os trabalhos começam na região onde estão a Nova Vinhedo, Vila Milanês, Residencial Joana, Nova Era e Jardim Pinhata.

    Durante a operação, é feito o recolhimento de entulhos, tais como podas, mato, móveis e outros utensílios descartados, restos de obra (que devem ser dispensados em pequena quantidade), entre outros. A orientação é para que os moradores se programem conforme o cronograma divulgado pela Prefeitura. Lembrando que os trabalhos começam em uma nova região sempre às segundas-feiras, de forma que os entulhos devem ser descartados no domingo anterior para não causar transtornos à vizinhança.

    Também durante os trabalhos, são feitas a pintura de guias e sarjetas, limpeza do mato das calçadas, sarjetas e bueiros, limpeza e poda das plantas das praças, e a roçagem dos terrenos da Prefeitura. Nos locais em que for necessário, será feita a operação tapa-buracos pelas vias. No caso de terrenos particulares que eventualmente estiverem com mato alto, a Prefeitura fará a notificação e, se a solicitação não for atendida, a Administração Municipal fará a limpeza e emitirá a cobrança, conforme previsto em legislação.

    Um triturador da Secretaria de Serviços Municipais acompanha a operação. O equipamento é utilizado para a destinação de podas que, depois de trituradas, são colocadas em um caminhão e transportadas. Esse material, que serve para ser utilizado para adubo orgânico, pode ser solicitado ao SERM por aqueles que necessitarem, por exemplo, para a cobertura de uva. É preciso fazer a retirada. Mais informações pelos telefones 3876-7400 e 3876-7401.

    Além do pessoal e equipamentos da Secretaria de Serviços Municipais, a operação conta com suporte também de servidores da Sanebavi, verificando eventuais vazamentos e outros reparos que são de responsabilidade da autarquia.

    Uma equipe da Secretaria de Saúde acompanha a Operação Mãos à Obra, levando orientações sobre as formas de se prevenir a proliferação do mosquito Aedes Aegypti, responsável por diversas doenças, entre elas, a dengue.

    Em paralelo, a Secretaria de Educação promove uma ação com os alunos da Rede Municipal sobre a operação, para que eles possam levar as informações para seus pais, como multiplicadores, e também a conscientização sobre práticas corretas tendo em vista a preservação e o cuidado com o meio ambiente.

     

    Lixo eletrônico

    Durante o período de vigência da Operação Mãos à Obra, que vai até setembro, as escolas municipais servirão como ponto de coleta de lixo eletrônico, tais como computadores que não funcionam mais, entre outros, numa ação conjunta entre as secretarias de Meio Ambiente e Urbanismo e de Educação. O material recolhido será coletado e terá uma destinação ambientalmente adequada.

     

    Troca de lâmpadas

    Conforme determinado pela ANEEL, a Prefeitura de Vinhedo é responsável há algum tempo pela troca das lâmpadas em vias públicas da cidade. Desde a determinação, a Administração vem fazendo esse serviço com uma equipe própria. Em média, 25 lâmpadas se queimam por dia nas vias públicas de Vinhedo.

    No segundo semestre, durante a segunda fase da Operação Mãos à Obra, esse trabalho será intensificado para que haja a reposição completa em todos os bairros da cidade. Para tanto, a Prefeitura já está providenciando uma licitação para a compra de lâmpadas em quantidade suficiente para esse trabalho.

    Cronograma 2017 – Operação Vinhedo Mãos a Obra

    De 15 de maio a 12 de setembro

     

    Data de início Data de término Bairro  
    15/05 19/05 Vila João XXIII, Parque Iolanda e Vila Romana  
    22/05 26/05 Nova Vinhedo, Vila Milanês, Residencial Joana, Nova Era e Jardim Pinhata  
    29/05 02/06 São Matheus, Bairro Santa Claudina e Vila Fontaine  
    05/06 09/06 Bairro Aquário, Jardim Alba, Alves Nogueira e Jardim Emilia
    12/06 14/06 Jardim Brasil e Santa Rosa
    19/06 23/06 Jardim Junco e Jardim Itália
    26/06 30/06 Jardim Primavera, Jardim Flora, Estância das Flores, Residencial Nova Aliança e Vila Renascer
    03/07 07/07 Jardim Nova Canudos, Centro e Vila Lorenzon
    10/07 14/07 Planalto, Vila Galo e Vila Cascais
    17/07 21/07 Jardim Junqueira, Vila Fátima e Vila Santana
    24/07 28/07 Jardim Três Irmãos, Nova Esperança, Residencial Arco-Íris e Vista Alegre
    31/07 04/08 Vila Pompéia, Estrada Fazenda Santana, Jardim Panorama e Jardim Florence  
    07/08 11/08 Jardim Melle, Jardim Miriam, São Thomé e Jardim Eliza
    14/08 18/08 Casa Verde, Vila Savian, Jardim Eldorado, Altos do Morumbi e Vida Nova I
    21/08 25/08 Centro da Capela – FASE 1
    28/08 01/09 Capela – Fase II
    04/09 12/09 Capela – Fase III