Prefeitura de Vinhedo

  • Regime Estatutário:

    perguntas e respostas
  • Saúde

    + Notícias

    Prefeitura começa a vacinar toda a população contra a febre amarela; segundo caso da doença em primata foi confirmado

    Desde o ano 2000, mais de 50 mil pessoas já foram imunizadas contra a doença no município






    Nesta segunda-feira, 15, a Prefeitura de Vinhedo, por meio da Secretaria de Saúde, começou a vacinar todos os moradores da cidade contra a febre amarela. A imunização ocorre em todas as UBSs e segue uma orientação da Secretaria do Estado após a confirmação de um caso positivo da doença em primata encontrado morto no município no dia 27 de abril. Nesta segunda-feira, 15, foi confirmado mais um registro da doença em macaco na cidade.

    O primeiro caso, confirmado na última quinta-feira, 11, foi de um Bugio encontrado morto na região do Bairro Caixa D’Água no dia 27 de abril. Já o caso confirmado hoje é de um macaco da mesma espécie que foi encontrado morto no dia 29 de abril na região do Paiol Velho. Os resultados foram emitidos pelo Instituto Adolfo Lutz.

    É importante destacar que os primatas não transmitem a doença, mas a contaminação deles confirma que o vírus da febre amarela está circulando pela área rural de Vinhedo.

    O prefeito Jaime Cruz alerta que a população deve permanecer em calma, principalmente porque a Prefeitura está vacinando todos os moradores a partir de hoje. “Hoje em Vinhedo nós começamos a vacinação contra a febre amarela. Estamos vacinando em todas as nossas UBSs. Sem pânico e sem correria, todos serão vacinados. Não há motivo de pânico, de correria. Todos serão vacinados”, comentou o prefeito Jaime Cruz.

    “De 2000 até 2017, nós já vacinamos contra a febre amarela aproximadamente 50 mil pessoas. Se você já tomou essa vacina, confira a sua carteirinha. Se você já tomou, não precisa tomar. Agora se você não tomou ou não lembra, vá até uma UBS e tome”, completou o prefeito Jaime Cruz.

    Vinhedo não tem registro de febre amarela em humanos nos últimos 30 anos, porém, desde a confirmação do 1° caso de contaminação em macaco, o município passou a ser considerado pelo Estado como área de recomendação de vacinação.

    Nesta segunda-feira, 15, o processo de imunização começou a ocorrer em todas as UBSs da cidade (Jd. Von Zuben, Vila João XXIII, Três Irmãos, Casa Verde e Centro Médico), das 9h às 16h, e na UBS Planalto e na Policlínica da Capela, até às 19h. A vacinação é por ordem de chegada.

    Nas UBSs menores, onde o atendimento vai até às 16h, o limite diário é de aproximadamente 200 vacinas por dia e na Planalto e na Policlínica, com atendimento até às 19h, de 500.

    É importante que quem tenha a carteirinha de vacinação apresente o documento. Nos dias 20 e 21 de maio, sábado e domingo, a Prefeitura intensificará as ações de vacinação na área onde foi encontrado o primeiro macaco com caso positivo, com a disponibilização de um posto de vacinação na Escola Municipal Abel Maria Torres, no Bairro Caixa D’Água, das 9h às 16h, e outra equipe volante. A Prefeitura visitará também residências na região do Paiol Velho para vacinar os moradores.

    Durante a vacinação, possíveis restrições serão analisadas caso a caso.

     

    Mapeamento 

    Desde a última quinta-feira, 11, a equipe Zoonoses da Secretaria de Saúde da Prefeitura de Vinhedo, juntamente com agentes da Saúde do Estado e do Governo Federal, está percorrendo a região do Bairro Caixa D’Água com o objetivo de fazer um mapeamento das famílias de Bugios com o objetivo de verificar se há mais primatas contaminados com a doença. Esse trabalho será estendido para a região do Paiol Velho.

     

    Em 17 anos, cidade vacinou mais de 50 mil pessoas 

    Um levantamento feito junto ao Programa Nacional de Imunizações mostra que a Prefeitura de Vinhedo, por meio da Secretaria de Saúde, já vacinou, desde o ano 2000 até a última sexta-feira, 12, um total de 50.557 pessoas contra a febre amarela, números que confirmam que o município tem um grande percentual dos moradores já imunizados contra a doença.

    Grande parte da população tomou a vacina numa campanha realizada no ano 2000, quando a vacinação foi aplicada em 33.362 moradores. Do ano 2000 até o ano passado, o total chegou a 42.270 habitantes. E com o total de imunização até a última sexta-feira, 12, esse total chegou a 50.557 pessoas. Desse total, pouco mais de 800 doses foram referentes ao reforço da vacina, que deixou de ser aplicada neste ano por recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS).

    Neste ano, Vinhedo já vacinou mais de 8.200 pessoas na cidade contra a febre amarela. No feriado prolongado de Tiradentes, o município realizou uma ação específica na área rural, quando vacinou mais de 2.500 pessoas em três dias.

     IMG_6856