Prefeitura de Vinhedo

  • Regime Estatutário:

    perguntas e respostas
  • Indústria, Comércio e Agricultura

    + Notícias

    Prefeitura de Vinhedo enfrenta a crise trazendo novas empresas e investimentos para o município

    Três novas empresas em fase de instalação na cidade farão investimento de quase R$ 20 milhões






    IMG_20170703_153147919

    A Prefeitura de Vinhedo vem trabalhando de forma incessante com o objetivo de trazer novas empresas para a cidade não somente para aumentar a arrecadação municipal, mas também para gerar emprego e renda para a população local. Esse trabalho sério e focado começa a trazer os primeiros resultados, com a confirmação de novas instalações na cidade.

    Nesta segunda-feira, 3, o prefeito Jaime Cruz recebeu o convite para o lançamento da pedra fundamental da empresa Taegutec, que vai transferir suas atividades de São Paulo, onde está instalada na Lapa, para Vinhedo. As obras já começaram no Distrito Industrial, onde serão investidos aproximadamente R$ 10 milhões.

    Acompanhado do secretário municipal de Indústria, Comércio e Agricultura, Toninho Falsarella, e do diretor da pasta, Jorge Torrezin, o prefeito Jaime Cruz recebeu o presidente da Taegutec no Brasil, Leandro Pacheco, e também o controller da IMC, Gilson Serafim, ao qual a empresa pertence, e também o gestor da área de tributos do grupo, Matias Paulo, além de Fabrício Rezende e Charles Vasserman, representantes da construtora que dará início às obras.

    Os representantes da empresa elogiaram a legislação vinhedense, que oferece incentivo para novas instalações no município. Se mostraram satisfeitos também pela rapidez e agilidade na aprovação dos projetos de construção e também no processo de abertura da empresa na cidade.

    “Esse é o nosso papel, até porque vocês chegam ao município e vão recolher impostos, que são importantes para a manutenção da cidade. Sintam-se acolhidos e podem contar com a Prefeitura naquilo que for necessário. Sejam bem-vindos a Vinhedo”, comentou o prefeito Jaime Cruz.

    Com 15 anos de atividade no Brasil, a Taegutec, empresa de origem sul-coreana, especializada em produtos de corte industrial, será instalada em um terreno de 6 mil metros quadrados. Na primeira fase, serão 2 mil metros quadrados de área construída. A empresa terá aproximadamente 45 funcionários diretos na cidade, sendo pelo menos metade contratada na cidade. A obra deve ficar pronta entre 8 e 10 meses, quando ocorrerá o início das operações em Vinhedo.

    Em Vinhedo funcionará o comercial (os produtos são importados), o estoque e o centro de tecnologia da empresa. No futuro, o objetivo é ter também uma fábrica na cidade.

     

    Outras empresas

    Outras empresas estão chegando a Vinhedo. Uma delas é a Neo Rodas, fabricante de rodas que surgiu em 2016 após a aquisição da Alujet (atuante no mercado desde 2004), que deve investir somente neste ano, quando inicia operações na cidade, aproximadamente R$ 8 milhões. É proprietária de marcas como Rodão e Binno e possui um parque produtivo com alta capacidade técnica.

    A Neo Rodas já nasce no grupo das três principais fabricantes de rodas de alumínio originais instaladas no Brasil, resultado de seu contínuo crescimento nas vendas da unidade produtiva nos últimos anos, em contraposição ao momento turbulento e de declínio do mercado automotivo brasileiro.

    A unidade de Vinhedo será uma filial, mas também a planta operacional, com sede administrativa na matriz, no Paraná. A fábrica em Vinhedo terá 12,7 mil metros quadrados de área construída em um terreno de 21 mil metros quadrados, com investimento previsto de R$ 8 milhões neste ano.

    Serão gerados aproximadamente 280 empregos diretos, sendo 126 residentes em Vinhedo (para esses serão cerca de R$ 4,6 milhões em salário por ano). Um dos motivos que pesaram para a escolha de Vinhedo, além da existência no mesmo local da antiga Alujet, estão a localização e a Lei de Incentivos. Para este ano, a Neo Rodas prevê uma arrecadação de R$ 150 milhões.

    A Neo Rodas atende às principais montadoras de veículos instaladas no Brasil, e também exporta seus produtos para diversas montadoras na América do Sul, principalmente para a Argentina, Chile, México, Colômbia e Uruguai.

    Outra empresa que terá endereço em Vinhedo é a Green, que tem menos de um ano de vida. Produz alimentos de origem natural e predominantemente nacional. Como seu principal produto a Bendita mandioca, tablete de mandioca cremosa. A previsão de investimentos inicial é de R$ 1 milhão, com faturamento anual de R$ 4,2 milhões.

    A Green terá sua matriz em Vinhedo. Será instalada em um terreno de 1170 metros quadrados, com 962 metros quadrados de área construída. Na fase de construção vai gerar dez empregos e, depois de instalada, serão 16 funcionários, praticamente todos de Vinhedo. A escolha de Vinhedo se deve, entre outros motivos, pela beleza do município e por sua localização privilegiada.