Prefeitura de Vinhedo

  • Regime Estatutário:

    perguntas e respostas
  • Defesa Civil

    + Notícias

    Defesa Civil de Vinhedo participa de curso de capacitação na Itália

    IMG_20170616_131006

    A Defesa Civil de Vinhedo participou de um curso de capacitação na Organização Internacional do Trabalho (OIT), órgão ligado à Organização das Nações Unidas (ONU), sobre Redução do Risco de Desastres e Desenvolvimento Local Sustentável, que foi ministrado entre os dias 12 e 16 de junho no Centro Internacional de Formação (CIF), em Turim, na Itália.

    Indicado pelo prefeito Jaime Cruz, o diretor da Defesa Civil, Maurício Barone, fez a capacitação. O curso teve, entre outros objetivos, divulgar a campanha mundial para o desenvolvimento de “Cidades Resilientes”, da qual Vinhedo faz parte como Município Segundo Ciclo. Vinhedo e outras Cidades Resilientes se preparam para iniciar Terceiro Ciclo da Campanha.

    Participaram do evento 31 profissionais técnicos e acadêmicos de diversos países como Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, Guiné-Bissau, Haiti, México, Moçambique, Panamá, Peru, República Dominicana, São Tomé e Príncipe e Uruguai. Dentro da Campanha “Cidades Resilientes”, Vinhedo foi indicada para uma bolsa de estudos e custeou apenas o transporte do servidor.

    Os participantes compartilharam conhecimentos e experiências diversas de cada país em disciplinas das mais variadas. “É muito importante que no momento em que a Campanha ‘Cidades Resilientes’ se preparara para iniciar seu Terceiro Ciclo, focado mais ainda na construção da prevenção e da resiliência, que nós possamos ter um profissional capacitado e atualizado para as demandas que estão por vir. É significativo o convite para nossa cidade participar deste evento como um sinal de que estamos desenvolvendo um trabalho correto”, comentou o prefeito Jaime Cruz.

    “Foi uma troca de experiências e oportunidade de compartilhar conhecimentos práticos com realidades diversas, além de conhecer mais a fundo programas que auxiliam a Redução do Risco de Desastres (RRD) tanto na esfera, quanto acadêmica e privada. Vinhedo apresentou para os outros países a experiência da construção da Plataforma Regional para Redução do Riscos de Desastres que é concebida coletivamente pelos 20 municípios da RMC, com o apoio da Coordenadoria Regional de Defesa Civil e dentro da Câmara Temática de Defesa Civil instalada na Agemcamp”, salientou Maurício Barone.

    IMG_20170616_131221