Prefeitura de Vinhedo

  • Regime Estatutário:

    perguntas e respostas
  • Prefeito

    + Notícias

    Durante encontro da RMC, prefeito Jaime Cruz reforça a importância das ações para o desenvolvimento sustentável

    Município integra projeto regional de recuperação e também conservação da flora e da fauna






    RMC Morungaba

    Na manhã desta terça-feira, 15, na cidade de Morungaba, ocorreu mais um encontro ordinário do Conselho de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Campinas (RMC). A sustentabilidade foi um dos principais assuntos da reunião. Na oportunidade, o prefeito Jaime Cruz reforçou a importância de ações na área ambiental. Recentemente, Vinhedo foi reconhecido pelo Consórcio PCJ como o município com maior índice de arborização urbana de toda a RMC.

    “Vinhedo tem se empenhado com o desenvolvimento sustentável e o resultado é visível. Por 8 anos seguidos fomos certificados pelo Estado como Município Verde Azul e na semana passada, um estudo do Consórcio mostrou que somos a cidade com maior índice de arborização urbana da RMC. Mas sabemos que é preciso avançar muito mais. Daí a importância de discutir o assunto com os demais municípios para possibilitar ações conjuntas e a obtenção de recursos para investimentos”, comentou o prefeito Jaime Cruz.

    O índice de arborização urbana do Consórcio PCJ é definido pelo IFU (Índice de Floresta Urbana), que calcula o tamanho de área verde dentro dos espaços que já estão urbanizados. A lista avaliou 67 municípios que estão inseridos nas bacias hidrográficas dos rios PCJ, incluindo a RMC (Região Metropolitana de Campinas), área na qual Vinhedo ficou em 1º lugar. Na lista geral, ocupou a 10ª posição.

    A Prefeitura de Vinhedo, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, promove a doação de mudas nativas aos moradores, realiza procedimento de análise de manejo de exemplares arbóreos junto à população, faz trabalho de educação ambiental com as crianças e também vem intensificado a recuperação de áreas verdes.

     

    Reconecta

    Ainda na área de desenvolvimento sustentável, foram apresentados no encontro da RMC detalhes do Projeto Reconecta RMC, programa que é conduzido pela Secretaria do Verde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SVDS) do Estado de São Paulo e voltado aos municípios da Região Metropolitana de Campinas. A Prefeitura de Vinhedo aderiu ao programa.

    O Reconecta RMC conta com a parceria e o apoio da Agemcamp. Estão previstas ações integradas entre os municípios, como recuperação de APP, proteção animal, implementação de novas unidades de conservação e fortalecimento das unidades de conservação já existentes.

    O projeto foi tratado na Prefeitura durante reunião no último dia 4, solicitada pelos vereadores Flávia Bitar, Paulinho Palmeira e Nil Ramos, com representantes da sociedade vinhedense – Renato Frederico Marcondes Machado Kashel, Edson Ferreira, Walter  Ferreira e Neje Bitar – que se propuseram a colaborar.

     

    Recursos da Alemanha

    Também no encontro de hoje, os prefeitos receberam mais informações sobre o fato de a proposta da RMC ter sido vencedora para participar do Projeto Interact-Bio: Ação Integrada pela Biodiversidade como Região Modelo, financiado pelo Ministério Federal Alemão do Meio Ambiente, Conservação da Natureza, Construção e Segurança Nuclear, ao lado de Londrina e Belo Horizonte.

    A RMC, juntamente com Tanzânia e Índia, receberá até 2020 um investimento de 6 milhões de euros, equivalente a R$ 125 mil por ano para cada cidade.

     

    UBS

    O Conselho de Desenvolvimento da RMC apresentou o detalhamento das UBSs que estão sendo construídas na região pelo Estado, por meio de financiamento do Bando Interamericano de Desenvolvimento (BID), em parceria com as prefeituras. Em Vinhedo, a unidade ficará na Vila Garcez. Segundo a explanação, a obra deve ficar pronta até o 1° trimestre de 2018.

     

    Defesa Civil 

    Por fim, na mesma reunião, foi aprovada a Proposta de Aplicação do Projeto “Plataforma para Redução de Riscos de Desastre na RMC” da Defesa Civil de Vinhedo, que possibilitará à cidade não apenas continuar fazendo parte da plataforma regional dentro das ações de resiliência, mas também a obtenção de um veículo 4×4 equipado com kit anti-incêndio.