Prefeitura de Vinhedo

  • Regime Estatutário:

    perguntas e respostas
  • Prefeito

    + Notícias

    Governo do Estado dará apoio técnico a Consórcio de Saúde

    Prefeitos de Vinhedo, Valinhos e Itatiba apresentaram proposta ao secretário David Uip






    IMG_2924

    O secretário de Saúde do Estado de São Paulo, David Uip, disse aos prefeitos de Vinhedo, Valinhos e Itatiba na manhã desta quinta-feira, 24, que ajudará os municípios com apoio técnico no processo de criação do Consórcio Intermunicipal da Saúde. Uip defendeu o modelo de gestão, que vai melhorar o atendimento, reduzir custos e otimizar a rede.

    Os prefeitos estiveram em São Paulo para apresentar o projeto. “O que vocês estão pensando, eu acho ótimo. E podemos ajudar muito no entendimento de como isso funciona dentro da política regionalizada. Isso é fantástico”, disse o secretário.

    A proposta do consórcio entre as três cidades prevê a integração de três santas casas, do Hospital Galileo, Faculdade São Leopoldo Mandic e rede primária de atendimento. Para Uip, os prefeitos devem unir forças e potencializar aquilo que cada cidade oferece, sem que as três desempenhem o mesmo papel ou apresentem as mesmas soluções. Para ele, cada cidade deve complementar a rede para melhorar a oferta de vagas e a qualidade de atendimento.

    Uip disse também que não existem recursos no País para dar conta da demanda na Saúde e defendeu uma discussão mais ampla com o governo federal e parlamentares para reduzir a carga dos municípios. “A municipalização da Saúde foi um desastre. Os prefeitos não têm como assumir essa responsabilidade. Pensar na Saúde de uma forma regionalizada é uma saída. Você tem mais força quando mostra que precisa de recursos para uma política regional que está dando certo”, afirmou o secretário.

    Uip colocou técnicos e a equipe do Departamento Regional da Saúde (DRS VII) à disposição dos prefeitos para que o consórcio seja estruturado. A ideia dos municípios é ter a minuta da proposta pronta até o final do próximo mês.

     

    Parceria 

    Atualmente, Vinhedo, Valinhos e Itatiba gastam aproximadamente R$ 300 milhões com a Saúde por ano. Dos 280 mil moradores das três cidades, mais da metade, (51,5%), depende exclusivamente do Sistema Único de Saúde (SUS). “Nós não queremos apenas um consórcio dentro do padrão instituído na década de 90. Queremos um modelo que funcione e seja eficiente. Que consiga atender o usuário em todos os procedimentos, inclusive os de alta complexidade”, afirmou o prefeito de Vinhedo, Jaime Cruz.

    O prefeito de Valinhos, Orestes Previtale, disse que o apoio do Estado é fundamental para que o novo modelo de gestão passe a funcionar nas cidades. “A participação dos técnicos do governo do Estado na orientação dessa proposta vai ajudar a desenhar como faremos essa integração. Isso é importante para que a parceria seja de fato eficiente não só para as cidades, mas também para o Estado”, disse.

    A busca por recursos é um desafio para os municípios. “Nós já temos boa parte do orçamento comprometido com a Saúde e, mesmo assim, ainda não é suficiente. Nós acreditamos no consórcio para conseguir oferecer um serviço com mais qualidade para a população”, afirmou o prefeito de Itatiba, Douglas Augusto Pinheiro de Oliveira.

    Além dos três prefeitos, a deputada estadual Célia Leão também participou da reunião. A parlamentar tem auxiliado as cidades no projeto do consórcio.