Prefeitura de Vinhedo

Prefeito

+ notícias

Prefeito Jaime Cruz prossegue com planejamento para implantação da UPA 24 horas no Bairro da Capela

Debate na Confederação Nacional dos Municípios orienta que outras cidades reduzam o custeio das UPAs, assim como Vinhedo está fazendo






Brasilia Saude (1)

O prefeito Jaime Cruz está dando sequência ao trabalho de planejamento para a implantação de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas no Bairro da Capela e também fazendo avaliações periódicas sobre o redimensionamento do atendimento de urgência e emergência no município. Com esse objetivo, ele esteve em Brasília nesta terça-feira, 21, acompanhado do secretário municipal de Saúde, Alexandre Viola.

Na Capital Federal, foram duas agendas. Uma delas no Ministério da Saúde, mais precisamente no setor relativo às UPAS, no Departamento de Atendimento Hospitalar e de Urgência. Na outra, o prefeito e o secretário participaram de uma discussão na Confederação Nacional dos Municípios (CNM) que tratou também das questões que envolvem o funcionamento das UPAs.

“Há pouco mais de um mês e meio promovemos o redimensionamento do atendimento de urgência e emergência e os resultados obtidos na prática estão demonstrando que estamos no caminho certo, mas ainda queremos avançar bastante com o objetivo de oferecer cada vez melhores condições de atendimento à população e, ao mesmo tempo, otimizar a aplicação de recursos financeiros”, comentou o prefeito Jaime Cruz.

No Ministério da Saúde, onde tratou sobre a possibilidade de transferência da UPA para o Bairro da Capela, o prefeito Jaime Cruz, que já esteve no mesmo departamento em outras oportunidades por conta do mesmo assunto, foram entregues plantas do PA Capela e da Policlínica para que o órgão federal avalie se o prédio comporta a unidade ou se há a necessidade de fazer adaptações.

Em setembro, durante encontro com o ministro da Saúde, Ricardo Barros, o prefeito Jaime Cruz já tinha dialogado sobre essa questão, uma vez que a UPA, em seu local atual, fica a aproximadamente 750 metros da Santa Casa, enquanto que o PA da Capela fica a cerca de 4 km do hospital, e está numa região com aproximadamente 25 mil habitantes.

Entre as possíveis medidas para que a Policlínica possa comportar a UPA, dentro da realidade financeira atual, está a transferência de parte do serviço de UBS para unidades próximas, como a do Jardim Von Zuben, e mesmo para a UBS que está em construção na Vila Garcez. Também está em análise a possibilidade de a própria Santa Casa vir a administrar essa UPA, como já ocorre em outros municípios.

 

Confederação Nacional dos Municípios

Na sede da Confederação dos Municípios, o prefeito Jaime Cruz e o secretário Alexandre Viola participaram de um debate sobre o acesso e a utilização das UPAs, que contou com participação do Tribunal de Contas da União (TCU).

Em seu discurso, o ministro do TCU, Augusto Nardes, avaliou que, com as UPAs, foi repassada toda uma responsabilidade para os municípios. No mesmo encontro, o ministro da Saúde, Ricardo Barros, observou que há muitas UPAs prontas pelo Brasil e que ainda estão fechadas por falta de recursos nos municípios.

Um dos pontos problemáticos apontados para o funcionamento das UPAs diz respeito ao custeio. Assim, foi orientado aos municípios que trabalhem na redução dos gastos destas unidades, trabalho que a Prefeitura de Vinhedo já iniciou há algum tempo.

 

O redimensionamento

Com o redimensionamento, desde o dia 7 de outubro, todo o atendimento de urgência e emergência do município, feito por meio da Central 192 e 193, passou a ser direcionado para a Santa Casa de Vinhedo. E o pronto atendimento, no período noturno (das 19hs às 7hs), também passou a ser realizado na Santa Casa de Vinhedo, que atende com três clínicos gerais e dois pediatras (UPA e PA da Capela continuam com atendimento de pronto atendimento SUS das 7h às 19h). Foi mantida, no período noturno, uma estrutura mínima na UPA e no PA Capela no período noturno (19h às 7h), com um médico em cada local.

Brasilia Saude (2) Brasilia Saude (3)