Prefeitura de Vinhedo

  • Participe da LDO 2019:

    envie suas sugestões
  • Defesa Civil

    + Notícias

    Prefeitura de Vinhedo se prepara para mais um ciclo do programa de cidades resilientes

    Município foi um dos 10 selecionados pela ONU no Brasil para antecipar as ações e, posteriormente, servir de modelo para os demais






    A Prefeitura de Vinhedo, por meio da Defesa Civil Municipal, órgão ligado à Secretaria de Transportes e Defesa Social, participou, entre os dias 27 e 28 de novembro, em São Paulo, do workshop “Implementando o Marco de Sendai em Nível Local: Formulação de Planos de Redução de Risco de Desastres em Nível Local”, que diz respeito ao terceiro ciclo do programa de cidades resilientes.

    O evento foi organizado pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, juntamente com a Oficina das Nações Unidas para a Redução dos Riscos de Desastres (UNISDR), e ocorreu no Palácio dos Bandeirantes. Na oportunidade, o prefeito Jaime Cruz foi representado pelo diretor da Defesa Civil de Vinhedo, Maurício Barone.

    Com a campanha “Construindo Cidades Resilientes”, o evento teve como objetivo reforçar o compromisso dos municípios e a demanda social para alcançar um desenvolvimento sustentável, aumentar a participação dos atores locais no planejamento do desenvolvimento para a redução do risco de desastres, adaptação à mudança climática e reforçar as capacidades de funcionários dos governos locais no que diz respeito ao compromisso de implementar o Marco de Sendai com um enfoque no desenvolvimento e a implementação de planos de redução de riscos.

    O Marco de Sendai para a Redução do Risco de Desastres 2015-2030 fornece diretrizes para apoiar os esforços em âmbito nacional e local que buscam construir resiliência a desastres no contexto do desenvolvimento sustentável.

    O Escritório da ONU para a Redução de Riscos e Desastres propôs para 50 cidades da América Latina, sendo cerca de 10 no Brasil e, entre elas Campinas, Itatiba e Vinhedo na Região Metropolitana de Campinas, anteciparem suas ações para o Terceiro Ciclo da Campanha “Construindo Cidades Resilientes – Minha Cidade Está se Preparando”, servindo depois de referência para outras cidades quando a Campanha for lançada oficialmente.

    O Terceiro Ciclo da Campanha Cidades Resilientes foca principalmente nas ações preventivas e mitigadoras do risco, em alinhamento com a capacidade de resposta da cidade frente ao desastre quando ele não pôde ser evitado. Ainda busca realizar a gestão do risco e do desastre estruturando ações de políticas públicas e privadas sobre um modelo renovável de sustentabilidade.

    Desta forma, Vinhedo, que já integra o grupo de cidades resilientes, reconhecida pela ONU, reforça o compromisso em prol da proteção e defesa do cidadão, sempre considerando modelos de sustentabilidade local.

     

    Operação Verão 2017/2018

    Tendo como base justamente esse modelo integrado, articulado e sustentável de governança em Resiliência, Vinhedo, através do Sistema Municipal de Proteção e Defesa Civil, que reúne todas as secretarias municipais, a autarquia Sanebavi, órgãos de Segurança Pública, instituições acadêmicas, e a própria comunidade vinhedense, iniciou no dia 1° a “Operação Verão 2017/2018”, com vistas aos temporais e tempestades que possam ocorrer no município e suas consequências.

    A Operação Verão segue até 31 de março de 2018, podendo, se necessário, ser prorrogada. A população pode acionar o Sistema Municipal de Proteção e Defesa Civil a qualquer momento pelos telefones 3826-7699, 3826-7683, ou ainda pelo fone 153.

    “A Defesa Civil é um sistema onde todas as secretarias municipais trabalham integradas para atender da melhor forma possível o cidadão naqueles momentos em que ele possa estar na pior situação possível”, esclareceu o secretário municipal de Transportes e Defesa Social, Júnior Vendemiatti, que lembrou que o órgão agiu com muito empenho, por exemplo, durante a tempestade que atingiu Vinhedo no dia 18 de novembro.

    Defesa Civil (3) Defesa Civil (4)