Prefeitura de Vinhedo

Meio ambiente e urbanismo

+ notícias

Em mais um encontro do processo de Revisão do Plano Diretor de Vinhedo, diagnóstico do município é apresentado a delegados

IMG_20171211_193327303

A Prefeitura de Vinhedo, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo, promoveu nesta segunda-feira, 11, mais um encontro com os delegados que integram o Processo de Revisão do Plano Diretor Participativo de Vinhedo (Lei Complementar 66/2007). Na ocasião, foi apresentado aos delegados que participam dos procedimentos um diagnóstico do município.

O estudo foi apresentado pela empresa Alto Uruguai Engenharia e Planejamento de Cidades, contratada pela Prefeitura para auxiliar na revisão. Na próxima segunda-feira às 19h, também na sede da Terceira Idade, ocorre mais um encontro com os delegados.

Nos encontros anteriores, os delegados tiveram acesso a outros dois levantamentos importantes, que são o Plano de Macrodrenagem de Vinhedo, apresentado pelo especialista Paulo Sérgio G. de Oliveira, e também o Plano de Recursos Hídricos, com exposição do pesquisador científico do Instituto Agronômico de Campinas (IAC) e consultor técnico Rinaldo Calheiros.

“Todos os estudos que são apresentados durante os encontros, bem como as filmagens completas, são disponibilizados no site da Prefeitura de Vinhedo, garantindo a máxima transparência nesse processo de revisão. Além disso, também pela internet, temos um campo específico para receber propostas de todos os munícipes”, destacou o secretário de Meio Ambiente e Urbanismo, Adriano Corazzari.

Para ter acesso a esse material, o cidadão precisa entrar no site da Prefeitura de Vinhedo (www.vinhedo.sp.gov.br), clicar na aba da Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo e, em seguida, entrar em ‘Revisão do Plano Diretor Participativo de Vinhedo’. Se preferir, clique aqui.

Conforme determinado pelo prefeito Jaime Cruz, a revisão da legislação municipal está pautada na sustentabilidade, principalmente no que diz respeito aos recursos hídricos. O trabalho será feitos sob os seguintes eixos temáticos: ordenamento territorial, habitação, mobilidade e acessibilidade, aspectos socioeconômicos, patrimônio natural e cultural, desenvolvimento sustentável e gestão urbana.

A previsão é de que os procedimentos sejam concluídos em 24 semanas, incluindo diversas audiências públicas, reuniões técnicas, levantamentos e diagnósticos até que seja redigido o texto final, que será enviado para análise do Legislativo.

IMG_20171211_193259027