Prefeitura de Vinhedo

Prefeitura

+ Notícias

Prefeitura de Vinhedo amplia atendimento para emissão do Certificado Internacional de Vacinação

A Prefeitura de Vinhedo, por meio da Secretaria de Saúde, ampliará o atendimento para a emissão do Certificado Internacional de Vacinação. A mudança valerá a partir do dia 1° de fevereiro. O documento, exigido aos viajantes para ingresso em diversos países, é fornecido gratuitamente pela Prefeitura.

“É um serviço importante, oferecido por poucas prefeituras em todo o Brasil. Decidimos ampliar o atendimento para facilitar a vida dessas pessoas na busca por esse documento, imprescindível para viajar para muitos países”, comentou o prefeito Jaime Cruz.

Atualmente, o atendimento é feito dois dias por semana, às terças e quintas-feiras. A partir da alteração, o documento passará a ser emitido de segunda a sexta-feira, facilitando a vida daqueles que pretendem viajar para o exterior.

Para solicitar o Certificado Internacional de Vacinação, o viajante – que precisa ser residente ou trabalhar em Vinhedo – deve realizar um pré-cadastro no site da Anvisa (www.anvisa.gov.br/viajante) ou solicitar o documento nas salas de vacinas das Unidades Básicas de Saúde.

Após ser preenchido, deve ser apresentado no Centro de Orientação ao Viajante juntamente com o documento de identidade com foto, carteira de vacinação preenchida corretamente e comprovante de endereço ou documento que comprove que trabalha em Vinhedo.

O Centro de Orientação ao Viajante funcionará de segunda a sexta-feira, das 9h às 15h, no prédio da Secretaria de Saúde, na Avenida João Paffaro, 556, esquina com Rua das Margaridas, bairro Pinheirinho. O documento é emitido na hora.

A Secretaria Municipal de Saúde esclarece que as vacinas geralmente têm um período que varia entre 10 dias e 6 semanas até atingir a proteção esperada. Por isso, deve ser aplicada com a devida antecedência à viagem.

Outras vacinas também poderão ser recomendadas como medidas preventivas ao viajante que se desloca para áreas de risco. Por isso é importante o viajante se informar no Centro de Orientação ao Viajante se existe essa indicação para o destino de sua viagem. Além disso, é importante a atualização das vacinas de acordo com o calendário vacinal do Programa Nacional de Imunização do Ministério da Saúde.