Prefeitura de Vinhedo

Prefeitura

+ Notícias

Sanebavi realizará palestra no 8° Fórum Mundial da Água sobre projetos realizados em Vinhedo em 2017

Evento ocorre em Brasília, entre os dias 18 e 23 de março; ações foram desenvolvidas em parceria com as secretarias de Meio Ambiente e Urbanismo e de Educação






A Sanebavi, autarquia de água e esgoto da Prefeitura de Vinhedo, estará presente como palestrante no 8° Fórum Mundial da Água, que será realizado entre os dias 18 e 23 de março, em Brasília.

O convite para participação no evento como palestrante foi feito pela Confederação Nacional de Municípios (CNM) para abordar dois programas desenvolvidos em Vinhedo em 2017: o projeto “Águas de Vinhedo” e o “Estudo do Meio”, realizados com os alunos da rede municipal de educação. As atividades foram realizadas em parceria com as secretarias de Meio Ambiente e Urbanismo e de Educação.

“Participar de um evento desse porte, que debate sobre os desafios e soluções para o tema água em âmbito mundial, é importantíssimo para compartilhar o conhecimento e aprimorar a gestão municipal. Ter a oportunidade de abordar ações desenvolvidas em Vinhedo para todos que estarão presentes no Fórum nos mostra que estamos trabalhando na direção correta, aumentando a nossa responsabilidade junto à população para garantirmos um crescimento sustentável de nossa cidade para as futuras gerações”, afirma o prefeito Jaime Cruz.

A apresentação dos projetos acontecerá no “Espaço Municipalista: a Água e o Mundo” e será feita pelo superintendente da Sanebavi, Ricardo Facchini, no dia 22 de março, quando se comemora o Dia Mundial da Água.

“Com a execução desses projetos conseguimos sensibilizar os estudantes para a questão ambiental, propondo uma ampla reflexão sobre os recursos hídricos da cidade e as condições de preservação e conservação das nascentes e córregos existentes no município. Com isso, eles se tornam multiplicadores dentro de casa, aumentando o alcance dessa educação ambiental”, explica o superintendente da Sanebavi, Ricardo Facchini.

Projetos

Conheça abaixo mais detalhes sobre os projetos desenvolvidos em Vinhedo e que serão apresentados como exemplos de boas práticas na Administração Pública durante o 8° Fórum Mundial da Água, em Brasília.

“Águas de Vinhedo”

O Projeto “Águas de Vinhedo” foi realizado em todas as escolas municipais com turmas de alunos dos 6° ao 9° ano com o objetivo de sensibilizar os estudantes para a compreensão do Meio Ambiente como patrimônio a ser preservado para a defesa da vida. Temas como conceituação de bacia hidrográfica e recursos hídricos de Vinhedo e observação de nascentes localizadas na microbacia onde as escolas estão inseridas e as condições de preservação e conservação de cada nascente foram discutidos com os alunos.

Durante as visitas, os alunos coletaram amostras de água de nascentes e córregos localizados próximos às escolas e no laboratório da Estação de Tratamento de Esgoto Pinheiro, os estudantes observaram os seguintes parâmetros da água: PH, OD, DBO, Nitrato, Fosfato, Coliformes Fecais, Turbidez e Temperatura. Os resultados foram debatidos em sala de aula e depois foi realizado um trabalho de plantio e limpeza de margem de córregos para recuperação das áreas de preservação.

“Estudo do Meio”

O Projeto “Estudo do Meio” foi realizado com mais de 700 alunos do 4° ano da Rede Municipal com o objetivo de promover a conscientização sobre a necessidade da preservação do Meio Ambiente por meio de ações como a identificação de nascentes, rios e reservatórios de água da cidade e visitação às estações de tratamento de água e esgoto; identificação do trajeto da água até as residências; reconhecimento da importância do consumo consciente de água, além de promover a mudança de hábitos e atitudes no cotidiano dos estudantes.

Ao longo das visitas os estudantes acompanharam o funcionamento do sistema de supervisão e controle dos reservatórios e observaram todas as etapas do tratamento, desde a entrada da água bruta na estação até a conclusão do processo com o envio da água potável para os reservatórios do município. Também tiveram a oportunidade de presenciar as etapas do processo de tratamento de esgoto e a importância da destinação correta do lixo doméstico.

Após as visitas, os professores desenvolveram diversas atividades com os alunos, como por exemplo, leituras complementares, construção de maquetes, confecção de folhetos, além de ações de conscientização na própria escola e na comunidade escolar.