Prefeitura de Vinhedo

  • Expo Vinhedo Industrial:
    clique aqui e inscreva-se

  • Saúde

    + notícias

    Prefeitura inicia nova ação de prevenção à leishmaniose canina

    A Prefeitura de Vinhedo, por meio da Secretaria de Saúde, iniciou esta semana a coleta de sangue de cães para prevenção da leishmaniose canina. Vinhedo é considerado um município sem transmissão da doença, porém, como cidades vizinhas registraram ocorrências, é necessário um inquérito para preveni-la. Os interessados podem levar seus animais no Setor de Zoonoses de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h.

    Atualmente, de forma provisória, em função de uma reforma em seu prédio, a Unidade de Controle de Zoonoses está funcionando na Avenida Primeiro de Maio, s/nº, no antigo prédio da Unidade Básica de Saúde Jardim Von Zuben, de segunda à sexta-feira, das 8h às 16h30. O setor também atende pelo telefone 3886-8034 ou pelo e-mail zoonoses.saude@vinhedo.sp.gov.br. No local também são realizados procedimentos gratuitos como vacinação antirrábica, castração, inscrição para castração, recebimento de amostras de animais peçonhentos, recebimento de denúncias, entre outros.

    A leishmaniose visceral é uma zoonose causada por um protozoário, Leishmania chagasi, transmitida pelo mosquito Lutzomyia longipalpis conhecido como mosquito palha, birigui. O cão é o principal reservatório da doença em ambiente urbano. A transmissão se dá através da picada de um mosquito infectado pelo protozoário.

    A prevenção em cães é feita pelo uso de coleiras repelentes e vacinação. Em humanos é recomendável usar repelentes ao entardecer, evitar os horários e ambientes onde os mosquitos possam ter atividade, usar mosquiteiros de tela fina e proteção nas janelas. No ambiente é importante manter os quintais e canis sempre limpos sem umidade e acúmulo de materiais orgânicos e com iluminação solar.