Prefeitura de Vinhedo

Meio ambiente e urbanismo

+ notícias

Prefeitura implanta projeto de Compostagem na Escola Municipal Franco Montoro

A Prefeitura de Vinhedo, por meio das secretarias de Meio Ambiente e Urbanismo e de Educação, implantou na Escola Municipal Franco Montoro, um Projeto Piloto de Compostagem conhecido como ‘compostagem doméstica’, uma técnica desenvolvida em pequena escala com as chamadas composteiras.

A compostagem é um processo que permite não só reduzir a quantidade de resíduos que, de outra forma, seriam depositados em um aterro sanitário, mas, também produzir o composto, em um fertilizante natural, que poderá ser utilizado como adubo. O professor Alberto Rossano ficou a frente do projeto.

O processo de compostagem é formado por três caixas empilhadas, duas delas, de cima para baixo, recebem o nome de caixas biodigestoras, nelas ocorrem o processo de decomposição da matéria orgânica (ação dos micro-organismos), a caixa de baixo possui uma torneirinha e recebe o nome de coletora, nela escorre um líquido escuro e malcheiroso, o chorume, que é produzido durante a decomposição.

Outra forma de se fazer a compostagem é montando pilhas ou leiras. A montagem da leira é feita alternando-se os diferentes tipos de resíduos com plantas secas em camadas com 20 cm de espessura, necessitando de irrigação regularmente.

Um projeto de compostagem na escola é uma ótima forma de mostrar aos alunos, na prática, uma maneira simples e eficaz de diminuir a grande quantidade de lixo que geramos diariamente, cujo objetivo é apresentar conceitos básicos a respeito da compostagem natural, com intuito de incentivar o melhor aproveitamento de partes significativas dos resíduos sólidos gerados na escola.

Vantagens da compostagem para o Meio Ambiente

 

  • Reduz a emissão de gás metano (causador do efeito estufa);
  • Reduz queimadas, já que os resíduos ganham um destino mais adequado;
  • Substitui o uso de adubos químicos no meio ambiente;
  • Reduz a quantidade de resíduos em aterros sanitários;
  • Propicia o retorno da matéria orgânica de forma útil; e
  • Reduz a quantidade de resíduos transportados para aterros e consequentemente, a emissão de combustíveis no ambiente.