Prefeitura de Vinhedo

Consórcio Intermunicipal da Saúde

Vinhedo, Valinhos e Itatiba criaram e aderiram ao Consórcio Intermunicipal da Saúde Vinhedo, Itatiba e Valinhos (VIVA). Em Vinhedo, é a Lei Municipal nº 3.805/2017 que ratifica o protocolo de intenções e que autoriza o ingresso do município no VIVA.

A partir do consórcio as três cidades desenham um novo modelo de gestão da rede que seja capaz de ampliar o atendimento, melhorar a qualidade e otimizar os recursos de saúde. São verificadas questões jurídicas, modelo de gestão e agenda de trabalho.

O grupo também quer o apoio do Governo do Estado de São Paulo no processo de desenvolvimento do consórcio. As cidades também almejam inserir as câmaras e os conselhos municipais de Saúde na discussão.

Dos 280 mil moradores das três cidades, mais da metade (51,5%) depende exclusivamente do Sistema Único de Saúde (SUS).

Qual é o objetivo do VIVA?

A ideia é que a união das três cidades não seja apenas um ato jurídico sem eficácia, mas um novo modelo que permita reduzir os custos para os municípios e o Estado e, principalmente, que integre a rede com uma melhora significativa no atendimento.

Juntos, os municípios – que são vizinhos – têm 21 ambulâncias, três Santas Casas, um hospital particular, rede de atendimento básico e de especialidades. As equipes das Santas Casas, o Hospital Galileo e a Faculdade São Leopoldo Mandic participam da discussão.

A união das três cidades pode reduzir custos fixos com a Saúde, como a diminuição no valor de compras de remédios. Além disso, o consórcio pode promover mudanças na gestão, como a implantação unificada do prontuário eletrônico, reforço na atenção primária, ampliação de vagas e avanço no atendimento de alta complexidade.