Prefeitura de Vinhedo

  • Regime Estatutário:

    perguntas e respostas
  • Guarda Civil Municipal

    Criada em 1981 pela Lei Municipal nº 1037, a Guarda Civil Municipal em seu início era denominada Serviço de Guarda Municipal e, desde então, consolidou-se na região como uma das forças locais de segurança mais respeitadas, reconhecidas e atuantes em prol ao bem-estar do munícipe, ocupa-se no apoio aos demais plano de segurança das demais forças de segurança instituídas, tais como polícias civil e militar.

    Quais são as responsabilidades da corporação?

    A Guarda Civil Municipal tem entre suas responsabilidades a vigilância noturna, o policiamento, o auxílio e a cooperação aos demais órgãos de segurança atuantes no município. Sendo assim, em Vinhedo, presta apoio aos demais planos de segurança das demais forças de segurança instituídas, tais como polícias militar e civil.

    Esta corporação tem natureza comunitária e participa de atividades desenvolvidas pelas polícias militar e civil, fazendo-se presente em todos os bairros do município por meio de ações de patrulhamento preventivo, que são realizadas diariamente pela corporação e que têm como objetivo colaborar à inibição e ao combate de criminosos e de atividades ilegais na cidade, além de proteger os próprios públicos e a comunidade escolar.

    Quantos guardas civis municipais integram a corporação em Vinhedo? Quais são as equipes?

    De acordo com publicação do Boletim Municipal nº 247/2015 (páginas 24 a 29) a corporação é composta por 125 profissionais em seu efetivo e que atuam no patrulhamento preventivo, no Grupo de Ações Preventivas Ambientais (Gapa), responsável pela preservação do patrimônio público natural da cidade; no Canil Municipal e nas Rondas Ostensivas Municipais (Romu), estas duas últimas equipes dedicadas às situações de maior risco e ao patrulhamento em locais nos quais haja grande aglomeração de pessoas ou dificuldade na circulação de veículos. Deste total, 28 integrantes são mulheres e 97 são homens.

    Dentro das equipes da Guarda há também a Patrulheiro Amigo da Escola (PAE), criado em em 2012 e que atua para proporcionar mais proteção ao ambiente e público escolar, trabalhando diretamente na prevenção e na inibição de atos delituosos que atentem contras às pessoas.

    Há protocolos e procedimentos de conduta?

    Dentro de suas diretrizes operacionais e de ensino, a Guarda Civil Municipal adota à segurança em praça desportiva e outros eventos a diretriz operacional nº 3/2012, que dispõe sobre os procedimentos e ações para do Grupo de Controle de Tumultos (GCT) pela corporação.

    A continuidade de concessão do porte de arma de fogo aos integrantes da corporação – com vigência de cinco anos, a contar da data de publicação – foi publicada em Boletim Municipal, nº 213/2014 (página 30).

    Quando e como devo acionar a ajuda da Guarda Civil Municipal?

    A população, sempre que preciso, pode contar com a Guarda Civil Municipal de Vinhedo e acioná-la em situações que interfiram negativamente em seu bem-estar social por meio do telefone 153 ou junto às viaturas que fazem o patrulhamento preventivo em todas as regiões da cidade.

    Para a ajuda dos munícipes há também a base avançada da Guarda Civil Municipal na região da Capela – ao lado do terminal rodoviário do bairro – e postos de atendimento na Praça Sant’Anna e na Avenida dos Imigrantes. Ainda na cidade, os moradores têm à sua disposição os telefones 190, da Polícia Militar; e também o número 181, do Disque-Denúncia.

    Há um registro das atividades desempenhadas pela corporação em Vinhedo?

    Os relatórios de atendimento da Guarda Civil Municipal, desde 2013, estão disponibilizados na área de “Documentos”, bastando selecionar a opção “Atendimentos da Guarda Civil Municipal”.

    Os arquivos do mês anterior sempre são publicados até o 15ª dia útil do mês subsequente. Outras estatísticas sobre segurança podem ser obtidas junto à Secretaria da Segurança Pública do Estado de São Paulo.

    As denúncias de não atendimento são verificadas pela Ouvidoria da própria corporação.