Prefeitura de Vinhedo

  • CONCURSO PÚBLICO PARA 158 VAGAS:

    CLIQUE AQUI E INSCREVA-SE
  • Educação

    + notícias

    Ações de prevenção ao coronavírus: Prefeitura suspenderá as aulas por completo a partir do dia 23

    Na próxima semana, entre os dias 16 e 20, a suspensão será gradual, com a devida orientação aos responsáveis e também aos estudantes






    A Prefeitura de Vinhedo, por meio da Secretaria de Educação, seguindo orientações do Comitê Intersetorial criado pelo prefeito Jaime Cruz (Decreto Municipal 64, de 13 de março de 2020) com o objetivo de coordenar ações de prevenção e combate ao coronavírus, alinhada com a Secretaria da Educação de São Paulo e com o Conselho Municipal de Educação, com base também no Decreto Estadual 64.862/2020, definiu normativas para o funcionamento da Rede Municipal de Ensino, com ações gradativas, a partir desta segunda-feira, 16, sempre com tempo hábil para que os pais e responsáveis sejam informados.

    “Atualmente, a situação do coronavírus no município está sob controle, mas temos sido alertados sobre a necessidade de medidas urgentes e coordenadas, e assim estamos fazendo. Ontem definimos a suspensão da Festa da Uva e estamos focados também nas atividades coletivas não só da Educação, mas também no Esporte, na Cultura, na Assistência Social e em outros setores. Fiquem atentos aos nossos canais para ficarem informados”, destacou o prefeito Jaime Cruz.

    As medidas levam em consideração a necessidade de evitar aglomerações e reduzir o volume do transporte público para prevenir a disseminação do coronavírus e assim evitar sobrecarga dos sistemas de Saúde. Confira as medidas que serão adotadas no âmbito da Educação (ações incluem as creches municipais e conveniadas).

    1) As aulas na Rede Municipal de Ensino e o atendimento das creches serão gradualmente suspensas a partir do dia 16 de março, até a suspensão completa no dia 23 de março;

    2) A partir da próxima segunda-feira, 16, as escolas continuarão abertas, com dias letivos regulares, realizando atividades de orientação para alunos e responsáveis que desejarem participar. Neste dia (segunda-feira) serão realizadas atividades de acolhimento e conscientização aos professores, gestores e estudantes. Devem ser reforçados os protocolos de higiene e etiqueta respiratória. Condutas sociais devem ser revistas, evitando contato físico direto através de beijos no rosto, abraços e apertos de mão;

    3) De terça à sexta-feira, as escolas e creches realizarão, na medida do possível, reuniões com pais e responsáveis para dar as devidas orientações. Eles serão devidamente informados. Essas reuniões serão divididas em grupos pequenos, evitando grandes aglomerações de pessoas;

    4) As faltas de alunos serão abonadas já a partir do dia 16. Ou seja, as famílias que conseguirem se organizar, poderão deixar de levar as crianças e jovens nas escolas;

    5) Tendo em vista que idosos (acima de 60 anos) constituem grupo de risco em caso de contágio com o coronavírus, de acordo com o Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo, as crianças e jovens não devem ser deixadas aos cuidados de idosos, como avós, por exemplo;

    6) Na próxima semana, os profissionais da educação continuarão com suas jornadas regulares de forma presencial nas escolas. O fornecimento de alimentação e transporte escolar deverá ocorrer regularmente;

    7) Conforme já dito, a partir do dia 23 de março, as aulas deverão ser suspensas em todas as escolas (essa recomendação do Estado vale também para as redes Estadual e Particular). A suspensão das atividades de todas as escolas e creches estará em vigor até nova determinação.