Prefeitura de Vinhedo

  • Prefeito

    + notícias

    Prefeito Jaime Cruz determina ações emergenciais para garantir a alimentação de famílias prejudicadas com a pandemia do coronavírus

    Ação incluirá a entrega de cestas básicas; Ceprovi funcionará como uma central de recebimento de doações já a partir desta sexta-feira, dia 3






    O prefeito Jaime Cruz, conforme anunciado durante recente entrevista coletiva, criou o Comitê Emergencial de Segurança Alimentar, grupo que, juntamente com o Chefe do Executivo, está definindo ações voltadas a famílias de baixa renda que, em função das medidas de isolamento social preventivas à Covid-19, poderão enfrentar dificuldades para adquirir alimentos.

    “Você pai, você mãe que vê seu filho agora com uma certa dificuldade. Não é pecado, não é feio você passar necessidade, não conseguir comprar uma cesta básica. Esse grupo de trabalho foi criado exatamente para definir um mecanismo legal, do ponto de vista financeiro e jurídico, para garantir a alimentação dessas pessoas nesse momento de limitações inclusive para trabalhar e ganhar o pão de cada dia”, destacou o prefeito Jaime Cruz.

    Além do próprio prefeito Jaime Cruz, o Comitê Emergencial de Segurança Alimentar é composto pelos secretários municipais de Educação, Gilberto Lorenzon; de Assistência Social, Eduardo Galasso; de Fazenda, Deise Gomes; de Negócios Jurídicos, Ricardo Facchini; o controlador geral, Elvis Tomé; e a presidente do Fundo Social e Solidariedade, Iolanda Dias.

    O prefeito salientou que há um fluxo de pessoas que recebem auxílio da Administração Municipal, seja diretamente pela Secretaria de Assistência Social, seja por encaminhamento do Fundo Social, recebendo mensalmente cestas básicas. E ainda aquelas que, por conta da quarentena determinada pelo Estado como prevenção à Covid-19, também passaram a enfrentar dificuldades quanto a seu sustento.

    Atualmente, mais de 1100 famílias são cadastradas no município por meio do Programa Bolsa Família. A ideia é priorizar essas pessoas, como também outras que, eventualmente, tenham perdido temporariamente sua fonte de renda.

    Por outro lado, além das ações do Poder Público, o município conta com uma rede solidária formada por entidades assistenciais, e também um grupo numeroso de pessoas e empresários disposto a ajudar os mais necessitados neste período de dificuldades. “O que pretendemos com esse trabalho é estruturar tudo isso. Não vamos deixar que aqueles que mais precisam passem fome”, concluiu o prefeito Jaime Cruz.

    Dando sequência à organização desse trabalho, o prefeito Jaime Cruz visitou as dependências do Ceprovi nesta quarta-feira. Depois de verificar alguns espaços, fez uma reunião rápida com integrantes do comitê, sempre observando distanciamento mínimo entre os integrantes como prevenção ao contágio por coronavírus.

     

    Recebimento de doações

    O Ceprovi funcionará, já a partir desta sexta-feira, 3, inclusive aos sábados e domingos, das 8h às 18h, como um local para recebimento de doações de alimentos, tanto de pessoas físicas, como também de empresas interessadas em colaborar.

    Poderão ser doados os seguintes itens: arroz agulhinha, açúcar refinado, biscoito salgado tipo cream cracker, feijão carioca, fubá pré-cozido, leite integral em pó, macarrão com ovos tipo parafuso ou caracolino, polpa de tomate, sal refinado extra e óleo de soja refinado. Nesta ação específica, não serão aceitos outros tipos de doações.

    A Prefeitura de Vinhedo montará cestas básicas, contando também com o estoque da alimentação escolar, e ainda com os alimentos doados. O tempo de atendimento às famílias será definido posteriormente, caso a caso, levando em consideração também o período da quarentena e as dificuldades oriundas da pandemia do coronavírus.

     

    Definição das famílias atendidas e forma de entrega

    Caberá à Secretaria de Assistência Social definir quais famílias serão atendidas e como será a forma de entrega dos alimentos. Essa entrega às famílias necessitadas não será feita no Ceprovi. A Prefeitura estuda a possibilidade, inclusive, de levar as cestas básicas na casa dessas pessoas. Outras formas de ajuda não estão descartadas.

    Já o atendimento e cadastro dessas pessoas serão feitos de segunda a sexta-feira, MEDIANTE AGENDAMENTO PRÉVIO POR TELEFONE, das 8h às 17h, em dois locais: na própria Secretaria de Assistência Social, na Rua Osvaldo Cruz, 299, Centro (Centro de Convivência), telefones 3826-8720, 3826-8722 e 3826-8729; e no CRAS Capela, na Estrada da Capela, s/nº, telefone 3886-4222.

    Durante esse atendimento, será feita a triagem dessas famílias, verificação se estão enquadradas em outros programas sociais, como do Estado e do Governo Federal, e orientação, caso aprovadas, sobre como receberão os alimentos.

     

    Serviço

     

    Recebimento de doações

    Local: Ceprovi

    Período: a partir desta sexta-feira, 3, inclusive aos sábados e domingos, das 8h às 18h

    Alimentos: arroz agulhinha, açúcar refinado, biscoito salgado tipo cream cracker, feijão carioca, fubá pré-cozido, leite integral em pó, macarrão com ovos tipo parafuso ou caracolino, polpa de tomate, sal refinado extra e óleo de soja refinado. Nesta ação específica, não serão aceitos outros tipos de doações

     

    Dúvidas e cadastro das famílias (É PRECISO AGENDAR ANTES POR TELEFONE)

    Locais: Secretaria de Assistência Social (Centro de Convivência) e CRAS Capela

    Período: De segunda a sexta-feira, das 8h às 17h

    Contato: 3826-8720, 3826-8722 e 3826-8729

    20200401_093643