Prefeitura de Vinhedo

  • Saúde

    + notícias

    Estrutura da Prefeitura de Vinhedo a pacientes com coronavírus conta com 4 novos respiradores e 2 novos monitores cardíacos

    Outra ação importante foi a aquisição de máscaras laríngeas, chamada pelos profissionais de saúde de ‘artigo de luxo’ por não serem disponibilizadas facilmente em redes de atendimento público, e utilizadas em casos de difíceis intubações






    A Prefeitura de Vinhedo, por meio da Secretaria de Saúde, tem trabalhado de forma responsável para fortalecer a estrutura da Rede Municipal de Saúde e, assim, combater a pandemia da Covid-19. Nesta quinta-feira, 25, mais uma importante ação foi colocada em prática pela Administração Municipal. Quatro novos respiradores recebidos do Governo do Estado após solicitação da Prefeitura e 2 novos monitores cardíacos adquiridos com recursos próprios foram colocados em funcionamento. O prefeito Jaime Cruz esteve na UPA e conferiu a ação.

    “Neste período de pandemia nós temos que ter responsabilidade, afinal estamos trabalhando com vidas. Em Vinhedo nós estamos acompanhando diariamente os números de infectados, de internados e atentos aos que estão na UTI. Precisamos estar preparados para qualquer situação de emergência, dando suporte necessário para os nossos moradores”, destacou o prefeito Jaime Cruz. 

    A entrega dos respiradores contou com a presença do secretário interino de Saúde, Milton Ricardo Ríboli, que acompanhou o prefeito Jaime Cruz na ocasião. Dos 4 equipamentos recebidos, 3 foram colocados na Unidade de Pronto Atendimento – UPA – juntamente com os monitores cardíacos e os desfibriladores, e o outro respirador foi encaminhado para o PA da Capela. 

    A chegada de mais respiradores nas unidades da Rede Pública de Saúde reforça a estrutura que já existe no município e garante um suporte necessário à Santa Casa caso haja lotação da UTI e não existam vagas para imediata transferência na região. Os novos monitores cardíacos e os desfibriladores também somam à gama de equipamentos essenciais no atendimento de urgência e emergência.

    Outra ação importante no combate à pandemia da Covid-19 foi a aquisição de máscaras laríngeas, chamada pelos profissionais de saúde de ‘artigo de luxo’ por não serem disponibilizadas facilmente em redes de atendimento público, e utilizadas em casos de difíceis intubações. Com essa máscara o processo de intubação é mais rápido e oferece menos prejuízos ao paciente. Um conforto a mais para aqueles que precisam recorrer aos respiradores mecânicos.

    Com essa estrutura, as unidades de saúde continuam ainda mais equipadas para oferecer o primeiro atendimento a pacientes suspeitos de infecção pelo coronavírus e atua ainda como retaguarda em uma situação de maior urgência. Todos os funcionários possuem kits de EPI – equipamentos de proteção individual -, com itens essenciais e de alta proteção, como as máscaras face shield, que atuam como um escudo contra qualquer tipo de contaminação.