Prefeitura de Vinhedo

  • Serviços

    + notícias

    Manutenção da iluminação pública em Vinhedo contará com mínimo de seis equipes, serviço de call center e sistema de telegestão

    Processo de contratação de empresa especializada está em fase de finalização, quando será selecionada aquela com melhor proposta e capacidade técnica






    A Prefeitura de Vinhedo avança para a fase final do processo licitatório para contratação de empresa especializada na prestação de serviços de manutenção, melhorias e modernização da iluminação pública no município. O novo sistema operacional contará com mínimo de seis equipes de campo, call center com informações para atendimento aos moradores e sistema inteligente de telegestão.

    “A iluminação pública em Vinhedo é um problema visível, que todo mundo vê, como era a questão do asfalto, que estamos resolvendo. E vamos resolver também o problema da iluminação. Temos de cumprir todas as etapas burocráticas, e isso infelizmente traz lentidão na contratação, mas quando todo o processo estiver concluído, teremos enfim resolvido esse problema e Vinhedo ficará muito mais iluminada”, destacou o prefeito Jaime Cruz.

    A autorização do prefeito Jaime Cruz para início da concorrência pública para contratação de empresa para prestar o serviço foi assinada no dia 3 de março deste ano, porém, houve a necessidade de ajustes no primeiro edital. Agora, o procedimento está na fase final – são 8 volumes de documentos ao todo – com 14 empresas habilitadas, de um total de 18 interessadas. Se não houver novos contratempos, a expectativa é de que a licitação seja concluída em agosto.

    “Não é um procedimento simples. Gostaríamos que fosse muitos mais rápido, mas são centenas de documentos a serem checados, seja para certificar que as empresas habilitadas tenham condições de executar o serviço objeto da concorrência, seja para selecionar a melhor proposta. Há toda uma legislação a ser seguida, e assim estamos agindo”, completou o secretário de Administração, Adriano Corazzari.

    Vale destacar que, por uma questão técnica, a Prefeitura ainda não iniciou a cobrança da Contribuição de Iluminação Pública (CIP) com base na nova tabela, estabelecida pela Lei Complementar 7/2019. Isso deverá ocorrer a partir do mês de agosto, com previsão de que os valores sejam revertidos aos cofres municipais a partir de setembro.

    Por enquanto, a cobrança ainda é feita com base na tabela da Lei Complementar 148/2016. Neste formato, para ser ter uma ideia, de janeiro a maio deste ano, a arrecadação foi de R$ 1.340.924,55, sendo que somente as despesas com o consumo de energia totalizaram R$ 1.114.284,29, restando apenas aproximadamente R$ 45 mil por mês para outras despesas, como aluguel de caminhão e compra de lâmpadas e reatores.

     

    Novo formato

    O novo formato trará inúmeros avanços para a iluminação pública em Vinhedo. A manutenção deverá ser feita por equipe especializada disponível 24h. O edital prevê o mínimo de seis equipes de campo, sendo quatro para manutenção e duas para obras, com caminhões e veículos próprios, devidamente equipados.

    Será disponibilizado serviço de call center com informações aos munícipes. Além disso, a empresa contratada deverá fazer o monitoramento e controle do parque de iluminação pública com a solução tecnológica telegestão, sistema capaz de regular os pontos luminosos, monitorar e controlar as grandezas elétricas, propiciando, além da eficiência na prestação do serviço, também economia de energia elétrica.