Prefeitura de Vinhedo

  • Cultura e Turismo

    + notícias

    Prefeitura publica editais da Lei Aldir Blanc, que beneficia artistas e polos culturais de Vinhedo com recursos financeiros

    A Prefeitura de Vinhedo, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo, abriu editais para a chamada Lei Aldir Blanc, que prevê ações de apoio ao setor artístico-cultural, um dos mais prejudicados pela interrupção de atividades em decorrência da pandemia do novo coronavírus. O valor total da verba repassada para o município ultrapassa R$ 550 mil.

    “É mais um auxílio importante, destinado a uma categoria que, de uma hora para outra, teve de paralisar suas atividades por completo em função da Covid-19”, destacou o prefeito Jaime Cruz.

    Os recursos direcionados para esta lei, repassados a estados, Distrito Federal e municípios, são uma renda emergencial para os trabalhadores do setor, subsídios para manutenção dos espaços culturais e instrumentos como editais e prêmios.

    Em Vinhedo, foram abertos dois editais neste primeiro momento, um para ‘Credenciamento de avaliadores e pareceristas do setor cultural’, e outro para ‘Espaços culturais, artísticos e culturais, microempresas e pequenas empresas culturais, cooperativas e instituições e organizações culturais comunitárias’. Em breve, outro edital será divulgado, este, para ‘Trajetória e Produção Cultural’.

    O credenciamento de pareceristas tem como objetivo compor o Banco Cadastral de Pareceristas Culturais que irão atuar na avaliação de projetos culturais inscritos e/ou habilitados em futuros editais, chamamentos e demais instrumentos convocatórios a serem publicados pela Prefeitura de Vinhedo.

    Os avaliadores habilitados por este edital, que forem convocados oficialmente para realizar a análise dos projetos, serão remunerados com o valor bruto de R$ 1.800,00 para cada edital que atenderem. As inscrições gratuitas já estão abertas e podem ser realizadas até dia 22 deste mês.

    Já o ‘Edital de espaços culturais, espaços artísticos e culturais, microempresas e pequenas empresas culturais, cooperativas, instituições e organizações culturais comunitárias’ concederá auxílio financeiro para a manutenção de espaços culturais independentes que tiveram suas atividades interrompidas em função da pandemia da Covid-19 e das medidas de isolamento social adotadas para combatê-la.

    Os representantes de cada entidade deverão solicitar os recursos necessários para a manutenção dos espaços por até três meses. O valor mínimo do recurso total a ser solicitado é de R$ 3.000,00, e o máximo, R$ 18.000,00. As inscrições para esta categoria estarão abertas de 18 a 24 de novembro.

    Para mais informações e fazer o download dos editais, acesse: http://www.vinhedo.sp.gov.br/lab/.