CATEGORIA : Projetos
Conselho da RMC aprova verba de R$ 800 mil para projetos sociais em Vinhedo

21/07/2021 às 09:57:00

Reunidos em Indaiatuba na manhã desta terça-feira (20), os prefeitos que integram o Conselho de Desenvolvimento da RMC (Região Metropolitana de Campinas) aprovaram o manual de instruções para solicitação dos R$ 18 milhões em recursos do Fundocamp (Fundo de Desenvolvimento Metropolitano) para custear ações sociais em auxílio ao enfrentamento à pandemia de Covid-19 aos vinte municípios da região. 

“Vinhedo vai receber R$ 800 mil para aquisição de cestas básicas, vale gás e cartão alimentação para as famílias de baixa renda. Mais uma forma de auxiliar as pessoas que estão passando dificuldades financeiras em nosso município em razão da pandemia”, destacou o prefeito de Vinhedo, Dario Pacheco. 

Com a presença do superintendente do DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica), Francisco Loducca, os chefes do Poder Executivo também discutiram a situação hídrica na região. Já a retomada econômica pós-Covid foi tema debatido entre os prefeitos e o diretor-administrativo do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micros e Pequenas Empresas), Guilherme Campos, e o presidente eleito do Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo), Rafael Cervone. 

Recursos hídricos 

Também preocupados com a escassez hídrica pela qual passa a região em 2021, os prefeitos puderam debater o tema com o superintendente do DAEE, Francisco Loducca. De acordo com levantamento feito pela autarquia responsável pelo gerenciamento dos recursos hídricos do Estado de São Paulo, a situação hídrica já é considerada crítica em, pelo menos três municípios, incluindo Vinhedo.  

“Eu vejo a finalização da Barragem de Pedreira e do Reservatório Duas Pontes, em Amparo, como a solução para a crise hídrica na região. Essas duas obras vão ajudar muito. Nossa previsão é iniciar o enchimento das barragens no final de 2022 e iniciar as operações no final de janeiro de 2023. Apesar de todos os percalços que tivemos, judiciais inclusive, estamos bem adiantados em relação ao cronograma original”, disse Loducca.