Ir para o conteúdo

Prefeitura de Vinhedo e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Vinhedo
Acompanhe-nos:
Rede Social Agenda
Rede Social Whatsapp
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JAN
25
25 JAN 2022
SAÚDE
Prefeitura de Vinhedo publica decreto para proibir eventos de Carnaval
enviar para um amigo
receba notícias
  Infratores poderão ser penalizados com advertência, multas, interdição do estabelecimento onde ocorre o evento e até prisão
A Prefeitura de Vinhedo publica decreto no Boletim Oficial, no site www.vinhedo.sp.gov.br, determinando a proibição de eventos de Carnaval este ano em espaços públicos e privados do município. Os infratores poderão ser penalizados com advertência, multas, interdição do estabelecimento onde ocorre o evento e até prisão, conforme o Código Penal. A medida foi adotada para impedir o avanço da variante Ômicron e possível colapso no sistema de saúde municipal e já havia sido definida pelo Comitê de Prefeitos da Região Metropolitana de Campinas (RMC).
 
“Estamos vivendo um novo momento crítico da pandemia, com aumento do número de casos e alta de contágio. Embora o número de casos graves da doença e de óbitos esteja sob controle em Vinhedo, é preciso adotar medidas preventivas para preservar a saúde das pessoas e também o sistema público de saúde”, disse o secretário Milton Ribolli. Ele lembrou que outros eventos foram suspensos na cidade pelo mesmo motivo, como a Festa da Uva e a programação do Vinhedo 40 Graus.
 
Ribolli explicou que a vacinação dos moradores tem contribuído para evitar alta no número de doentes grave e mortes, e orientou a população a se vacinar. “A vacinação é hoje o instrumento mais eficiente de proteção ao coronavírus”, disse. Vinhedo está realizando vacinação de maiores de 12 anos, de 9 a 11 anos e de 5 a 11 anos com comorbidade e deficiência (PCD).
 
De acordo com o decreto que proíbe eventos de Carnaval, as estratégias de enfrentamento das emergências de saúde pública requerem contínua avaliação para acompanhar as mudanças na dinâmica de transmissão e propagação de agentes e doenças, adequando as medidas às necessidades dos sistemas de saúde. O decreto aponta que a Ômicron é classificada como variante de preocupação pela Organização Mundial de Saúde (OMS), já foi detectada na região de Vinhedo e é responsável por um novo surto da doença.
 
A fiscalização será feita pela Vigilância Sanitária, fiscais de posturas, de tributos, de trânsito, Procon e Guarda Civil Municipal de Vinhedo. Os infratores serão punidos com advertência, multa de dez a 10 mil vezes o valor da Unidade Fiscal do Estado de São Paulo (Ufesp, com valor de R$ 31,97 este ano), a interdição parcial ou total do estabelecimento. O decreto prevê ainda detenção de um mês a um ano no caso de infringir determinação do poder público destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa, conforme o Código Penal.
 

Foto: Agência Brasil
 
Autor: Silvana Guaiume
Secretarias Vinculadas
Seta
Versão do Sistema: 3.2.8 - 16/11/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia