Ir para o conteúdo

Prefeitura de Vinhedo e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Vinhedo
Acompanhe-nos:
Rede Social Whatsapp
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUL
11
11 JUL 2022
SANEAMENTO
Abastecimento da Região da Capela é interrompido após empresa romper adutora de água
enviar para um amigo
receba notícias
PROCESSANDO ÁUDIO
Ao perfurar o solo, equipe da empresa de energia elétrica também perfurou a tubulação, na Rua Jose Rezende de Meirelles
A adutora da Estação de Tratamento de Água (ETA) 2, de Vinhedo, foi danificada no sábado (9), durante manutenção programada da CPFL Piratininga.  Ao perfurar o solo, a equipe da empresa de energia elétrica também perfurou a tubulação, na Rua Jose Rezende de Meirelles, que leva água bruta para tratamento e distribuição aos reservatórios que abastecem os moradores das regiões da Capela e Santa Cândida.
 
Apesar do empenho dos trabalhadores da Sanebavi em efetuar os reparos, o incidente resultou em desabastecimento aos bairros durante o sábado e domingo, além da desestabilização de todo o sistema.  De acordo com a Sanebavi, a retomada do abastecimento para as regiões Capela e Santa Cândida ocorreu na manhã desta segunda-feira (11), após recuperação dos níveis no período da noite e madrugada, tendo em vista o baixo consumo.
 
A Sanebavi informa, porém, que pode haver períodos de intermitências ao longo do dia, especialmente no final da tarde.  “Como ainda não estamos com a recuperação total do sistema, solicitamos para população fazer o uso racional da água durante os dias a frente, reduzindo assim falta de água em alguns setores”, disse o diretor de Estação de Tratamento de Água, Gabriel Carvalho.
 
Para solucionar o rompimento da adutora, de 200 milímetros de diâmetro, foi necessário uma força-tarefa entre Sanebavi e CPFL, com uso de maquinário para o escoramento do poste ao longo da operação. No processo, a passagem da água, cerca de  46,5 litros por segundo,  precisou ser interrompida, suspendendo também as atividades da ETA 2. Sem o tratamento e distribuição da água, e com o alto consumo na região, o volume dos reservatórios esgotou rapidamente, impossibilitando a retomada do abastecimento no horário previsto inicialmente, por volta das 17h.
 
“Tanto os reservatórios como as redes ficaram secas devido ao consumo do volume dos reservatórios no período em que a Estação estava sem funcionamento para a manutenção. Isso desestabilizou todo o sistema, que demora entre 36 e 48 horas para recuperação parcial dos níveis”, explicou o diretor de Estação de Tratamento de Água, Gabriel Carvalho.
 
 
Autor: Sanebavi
Secretarias Vinculadas
Seta
Versão do Sistema: 3.2.7 - 04/10/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia