Ir para o conteúdo

Prefeitura de Vinhedo e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Vinhedo
Acompanhe-nos:
Rede Social Agenda
Rede Social Whatsapp
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
AGO
17
17 AGO 2022
SANEAMENTO
Começa o trabalho de sondagem nas represas para o desassoreamento
enviar para um amigo
receba notícias
Segunda fase das avaliações necessárias para desassoreamento e ampliação da represa com segurança deve ser concluída nos próximos 30 dias
Os trabalhos de sondagem na Represa 1, com perfuração do solo para análise, foi iniciado nesta terça-feira (16) pela empresa de geotecnia contratada pela Sanebavi.  Essa é a segunda fase do processo de avaliações necessárias para a realização do desassoreamento e ampliação da represa com segurança, o que vai aumentar a reservação de água bruta no município. A sondagem será feita também nas represas do São Joaquim e Bom Jardim.  A previsão é de que os laudos estejam concluídos nos próximos 30 dias.
 
A primeira etapa dos estudos para o desassoreamento, a batimetria, foi realizada no mês passado gerando laudos essenciais para auxiliar na correta retirada dos sedimentos presentes dos lagos. Com a batimetria foi possível identificar precisamente o volume de água em cada represa, o volume máximo, a configuração e a capacidade hídrica em volume de reservação.
 
A sondagem é um método de investigação geológico-geotécnico em que são feitas perfurações para a obtenção de dados que especificam os tipos de solo, sua formação, profundidade, índices de resistência à penetração e a posição do nível do aquífero (lençol freático).
 
Para esse processo de amostragem na Represa1 serão realizadas 21 perfurações de aproximadamente 8 metros de profundidade. Já na represa do São Joaquim serão perfurados 17 pontos de exploração e no Bom Jardim serão necessárias cinco perfurações para elaboração dos laudos técnicos.
 
A sondagem vai permitir à Sanebavi, entre outras ações, definir projetos para a ampliação das represas com o aprofundamento parcial da base, os chamados “volumes mortos”, que serão importantes em períodos prolongados ou muito severos de estiagem.
 
Hoje, as represas que abastecem a cidade apresentam um expressivo volume de areia, lodo e detritos depositados no fundo, o que compromete a quantidade e qualidade de água bruta armazenada para tratamento e distribuição aos moradores, principalmente em períodos de estiagem, quando é necessário utilizar as reservas devido às baixas vazões dos mananciais de captação.
 
O desassoreamento das represas vai refletir muito positivamente no cenário hídrico da cidade. “Estamos trabalhando em diversos projetos para a melhoria das condições hídricas da cidade. O desassoreamento das represas é mais um importante passo para a ampliação da oferta de água à população. É uma obra necessária e fundamental”, afirma o superintendente da Sanebavi, Jaderson Spina.
 
Autor: Sanebavi
Secretarias Vinculadas
Seta
Versão do Sistema: 3.2.8 - 16/11/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia