Ir para o conteúdo

Prefeitura de Vinhedo e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Vinhedo
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Youtube
Rede Social Whatsapp
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
NOV
22
22 NOV 2021
ASSISTÊNCIA SOCIAL
Beneficiários do Bolsa Família não precisam realizar cadastro para receber Auxílio Brasil
enviar para um amigo
receba notícias
PROCESSANDO ÁUDIO
Secretaria de Assistência Social explica funcionamento do programa substituto do Bolsa Família
As famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família não precisam realizar nenhum novo cadastro para receber os benefícios do Auxílio Brasil, substituto do Bolsa Família. Segundo a Secretaria de Assistência Social de Vinhedo, a migração dessas famílias para o Programa Auxílio Brasil ocorrerá de forma automática. O Auxílio Brasil começou a ser pago em novembro para as famílias consideradas de extrema pobreza (renda per capita de R$ 100,00) e pobreza (renda per capita de R$ 100,01 a R$ 200,00).

O novo programa é composto por três benefícios básicos: Benefício Primeira Infância (BPI),  pago por criança, no valor de R$ 130,00, para famílias que possuam em sua composição crianças com idade entre 0 e 3 anos incompletos; Benefício Composição Familiar (BCF), pago por pessoa, no valor de R$ 65,00, para famílias que possuam em sua composição gestantes e pessoas com idade entre 3 e 21 anos incompletos; e o Benefício de Superação da Extrema Pobreza (BSP), valor calculado de forma que a renda per capita da família, após o recebimento do BPI e do BCF, supere o valor da linha de extrema pobreza, fixada em R$ 100,00 mensais por pessoa.

A família cadastrada no Cadastro Único não beneficiária do Bolsa Família somente precisa atualizar o seu cadastro se estiver desatualizado. Caso o cadastro tenha sido atualizado há menos de dois anos e não tenham ocorrido mudança de endereço, renda ou outras informações da família não é necessário realizar uma nova atualização.

Para as famílias que ainda não são inscritas no Cadastro Único, é necessário comparecer com os documentos de todos os integrantes da família no posto de cadastramento localizado na Rua Osvaldo Cruz, 299, Centro, ou agendar atendimento no CRAS.

Importante lembrar que o fato de a família estar inscrita no Cadastro Único, com o cadastro atualizado e elegível ao Programa, não resulta a imediata concessão dos benefícios do Auxílio Brasil. Não existe um prazo definido pelo governo federal para a realização dessa concessão.

No mês de novembro, Vinhedo tem 1.266 famílias beneficiárias no Auxílio Brasil e aproximadamente 400 famílias aguardam inserção no programa pelo governo federal.
 
Autor: Ana Cândida Briski
Seta
Versão do Sistema: 3.2.5 - 03/08/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia