Ir para o conteúdo

Prefeitura de Vinhedo e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Vinhedo
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Youtube
Rede Social Whatsapp
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
DEZ
09
09 DEZ 2021
SANEAMENTO
Sanebavi encontra produção de água em cinco poços desativados em Vinhedo
PROCESSANDO ÁUDIO
Somadas as produções dos poços já inspecionados, ao menos 46 metros cúbicos por hora podem ser acrescentados ao sistema da ETA 1
A Sanebavi deu início, nesta quarta-feira (8), ao processo de avaliação de mais um poço profundo municipal desativado, o P09, localizado na Avenida Avelino Capellato, o nono vistoriado pela autarquia. O objetivo é colocar o máximo de unidades em operação para aumentar a oferta de água à população. O trabalho de recuperação dos poços, que teve início em 20 de setembro, tem mostrado resultados positivos.

Cinco das nove unidades que estavam desativadas e que já passaram por manutenção têm potencial para voltar a produzir água. Duas são inviáveis devido à baixa vazão e duas ainda estão em análise. De acordo com a avaliação técnica, somadas as produções dos poços já inspecionados, ao menos 46 metros cúbicos por hora podem ser acrescentados ao sistema da Estação de Tratamento de Água (ETA) 1 para a distribuição a 65% dos bairros da cidade.

Dos poços que passaram por manutenção, o P13, no bairro Pinheirinho, apresentou vazão de 12m³/hora e o P21, no bairro São Matheus, mostrou entrega de 4m³/hora. Outro poço, na Vila João XXIII, também tem vazão expressiva, de 12m³/hora. A unidade P15, no bairro Jardim Alba, tem  vazão de 2,8m³/hora e a P7, no bairro Canudos, de 2,9m³/hora.

“A nossa meta é chegarmos aos 50m³/hora. Estamos empenhados para recuperarmos o máximo de poços e colocá-los em operação o quanto antes. Atualmente, dos 22 poços públicos, 12 estão ativos e contribuem com uma vazão média de 85m³/hora para o abastecimento da cidade e os outros estão sendo revisados”, disse o superintendente da Sanebavi, Jaderson Spina. O consumo médio de Vinhedo, considerando janeiro a outubro, é de 640m³/h.
 
Autor: Sanebavi
Secretarias Vinculadas
Seta
Versão do Sistema: 3.2.2 - 02/05/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia