Ir para o conteúdo

Prefeitura de Vinhedo e os cookies: Nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
OK
Prefeitura de Vinhedo
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Youtube
Rede Social Whatsapp
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JAN
06
06 JAN 2022
SAÚDE
Vinhedo amplia atendimento médico para enfrentar surto de gripe
enviar para um amigo
receba notícias
PROCESSANDO ÁUDIO
Atendimento a pacientes com sintomas gripais triplica na cidade nas últimas semana
A Prefeitura de Vinhedo ampliou o atendimento médico na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e no Pronto Atendimento (PA) da Capela para enfrentar o surto de vírus da gripe Influenza A, que ocorre em toda a região e em todo o País. A medida foi adotada por determinação do prefeito Dario Pacheco. A busca por atendimento nessas unidades praticamente triplicou nas últimas três semanas. O pronto-socorro da Santa Casa de Vinhedo também ampliou o atendimento de urgência e emergência a pedido do prefeito.
 
Segundo a Secretaria de Saúde de Vinhedo, apenas na UPA, no dia 27 de dezembro de 2021 foram atendidos 418 pacientes, enquanto em 27 de dezembro de 2020 eram atendidos 109 pacientes. O cenário se repete em todo o País, com o surto de Influenza A e a circulação da nova variante, H3N2.
 
Para enfrentar o surto, a Prefeitura de Vinhedo disponibilizou pelo menos mais um médico em todos os plantões da UPA e do PA Capela. De acordo com os horários de maior demanda, até cinco médicos estão realizando os atendimentos em cada unidade. A Prefeitura também instalou tendas, na UPA e na Santa Casa, e readequou o fluxo de atendimento, com novos esquemas de testagem dos doentes, para agilizar o diagnóstico.
 
Assim como nas cidades da região, o expressivo aumento de pacientes com sintomas gripais na UPA, PA e Santa Casa ocasionou maior tempo espera por atendimento. As três unidades priorizam casos graves e os doentes com sintomas mais leves podem levar mais tempo para serem atendidos.
 
Testagem
 
A Prefeitura de Vinhedo já realizou a testagem de 6,8 mil pacientes sintomáticos no último mês, contabilizando desde o início da pandemia 37.043 testes realizados. Nos próximos dias devem chegar à cidade mais 10 mil testes. “É o maior número de atendimentos diários registrados na cidade desde o início da Pandemia em 2020. Comparado ao início de dezembro de 2021, é possível afirmar que triplicaram os atendimentos neste início de Janeiro”, explicou o secretário de Saúde, Milton Ribolli.
 
Um dos motivos desse aumento súbito seriam as confraternizações de fim de ano, falta de uso de máscara, de distanciamento físico e social. Ribolli comentou que a grande maioria dos casos de gripe tem apresentado sintomas leves. A UTI destinada a pacientes com Covid-19 na Santa Casa de Vinhedo está operando nesta quinta-feira (6) com um dos leitos ocupados, paciente que ainda aguarda resultado de exames para confirmar o diagnóstico. Outros seis pacientes estão internados na enfermaria também aguardando resultado de exames.
 
“O que nos leva a crer, neste momento, que a nova síndrome gripal, embora bastante contagiosa, não seja tão grave quanto a Covid-19. Mas, como demanda cuidados médicos, é necessário que a população continue se prevenindo, lembrando que a pandemia não acabou e, por isso, os cuidados preventivos devem ser mantidos”, destacou o secretário.
 
Os cuidados no enfrentamento da gripe e da Covid são os mesmos. É preciso usar máscara, álcool em gel, higienizar as mãos com sabão frequentemente, manter distanciamento físico e evitar aglomeração.
 
Pronto atendimento
 
Médicos da Rede Municipal de Saúde orientam os pacientes que os sintomas da gripe, a Influenza A, podem ser parecidos com os da covid-19. Eles explicam, no entanto, que os sintomas da gripe melhoram entre 48 e 72 horas, dois ou três dias depois de aparecerem, sem maior gravidade.  Vinhedo não tem nesta quinta-feira nenhum caso confirmado de internação nem registro de óbito por gripe.
 
Os médicos orientam também que o paciente, caso prefira evitar as lotações do pronto atendimento neste momento, devido ao surto, fique atento aos sintomas, consuma bastante líquidos e se mantenha hidratado. Se os sintomas não melhorarem três dias depois de iniciados ou se o paciente tiver dificuldade para respirar ele deve procurar atendimento médico.
 
Vacinação

 
A Vigilância Sanitária Estadual informou Vinhedo que não está previsto o envio de novas doses de vacina de gripe nas próximas semanas. O município aguarda informações sobre uma nova campanha de vacinação da gripe, que deve ser iniciada em março, já com imunização para o novo vírus em circulação, o H3N2.
 
Autor: Silvana Guaiume
Secretarias Vinculadas
Seta
Versão do Sistema: 3.2.3 - 06/06/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia